Paraná Extra

A violência doméstica e familiar contra as mulheres

Claudio Henrique de Castro

Vejamos os tipos de violA?ncia domA�stica e familiar que as mulheres sofrem e podem tomar medidas protetivas contra o agressor que age das seguintes formas de violA?ncia:

FA�sica: empurrar, chutar, amarrar, bater, violentar;

PsicolA?gica: humilhar, insultar, isolar, perseguir, ameaA�ar;

Patrimonial: reter seu dinheiro, destruir ou ocultar seus bens e objetos, nA?o te deixar trabalhar;

Sexual: pressionar a fazer sexo, exigir prA?ticas que vocA? nA?o gosta, negar o direito a contraceptivo.

A estatA�stica em 2015 dos tipos de violA?ncia foram as seguintes: FA�sica (66%); Sexual (48%); PsicolA?gica (31%); Moral (11%) e a Patrimonial (6%).

No Brasil em 2017 foram mais de 220 mil casos de violA?ncia domA�stica, 606 por dia, mais de 60 mil estupros notificados e 1.133 feminicA�dios (assassinatos).

A violA?ncia domA�stica em lesA?o corporal dolosa em 2017 registrou 193 mil casos.

NA?o hA? ato de violA?ncia menor ou menos grave, toda violA?ncia praticada contra a mulher deve ser enfrentada e devidamente protegida.

AtenA�A?o, seu companheiro nA?o irA? mudar com o tempo, se vocA? estA? sofrendo violA?ncia domA�stica ou familiar ela pode chegar ao feminicA�dio, isto A�, o assassinato da mulher.

O agressor sempre conta com o silA?ncio e o medo da vA�tima, por esta razA?o A� necessA?rio noticiar a violA?ncia, o mais rA?pido possA�vel.

Sua saA?de fA�sica e mental A� mais importante que uma relaA�A?o tA?xica e perigosa.

Se vocA? estA? sofrendo algum tipo de violA?ncia procure seus familiares, amigos e as autoridades competentes para relatar os fatos e se proteger, nA?o deixe para depois.

Em caso de dA?vida procure um (a) advogado (a) de sua confianA�a.

(Fonte: Senado Federal e AnuA?rio Brasileiro de SeguranA�a PA?blica, 2018).

Deixe uma resposta