Paraná Extra

Ação do Procon na Boca comemora Dia do Consumidor

O Procon-Paraná, órgão vinculado à Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, comemora nesta sexta-feira (15) o Dia Internacional do Consumidor com distribuição de material educativo, focado na plataforma consumidor.gov.br e orientações. A ação será realizada na Boca Maldita, na Rua XV de Novembro, centro de Curitiba, com a parceria da ProconsBrasil e Procons associados.

Também será divulgado o Cadastro de Reclamações Fundamentadas, relativo ao ano de 2018, conforme determina o Código do Consumidor. O Cadastro de Reclamações Fundamentadas poderá ser acessado pela Internet, no endereço www.procon.pr.gov.br, no link PROCON-PR EM NÚMEROS, na aba Cadastro de Defesa do Consumidor.

PLATAFORMA – A plataforma consumidor.gov.br propõe a prestação de um serviço público, gratuito e que visa a resolução alternativa de conflitos de consumo, pela internet. O foco do consumidor.gov.br é promover a comunicação direta entre consumidores e fornecedores de produtos de consumo.

“Aproximadamente 80% dos consumidores tiveram a demanda resolvida, por meio do consumidor.gov.br o que é bastante positivo, já que a reclamação é solucionada num prazo médio de 10 dias”, afirma o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

A participação das empresas é voluntária e só é permitida àquelas que aderem formalmente ao serviço, mediante assinatura de termo, no qual se comprometem a conhecer, analisar e investir todos os esforços disponíveis para a solução dos problemas apresentados.

Segundo a diretora do Procon-PR, Claudia Silvano, que participa da ação, a palavra final é sempre do consumidor, pois, após a resposta do fornecedor, o reclamante tem a possibilidade de avaliar se a reclamação foi resolvida ou não, atribuir uma nota de satisfação e um comentário final.

ATENDIMENTOS –  O órgão responsável pela implementação e execução da política estadual de proteção, orientação, defesa e educação do consumidor, Procon-PR, realizou no ano passado 89.794 mil. Só nos dois primeiros meses de 2019 já foram feitos 16.816 mil atendimentos.

Os serviços registrados incluem o atendimento preliminar para solução de conflito; audiências; processos administrativos incluídos no Cadastro de Defesa do Consumidor; orientações fornecidas e processos de reclamação.

Deixe uma resposta