Paraná Extra

Ação policial será intensificada contra desrespeito a medidas sanitárias

As forças policiais do Paraná vão intensificar as ações preventivas em todo o Estado para inibir crimes e orientar a população para o cumprimento do decreto estadual de combate ao coronavírus a partir desta quinta-feira, 1º de abril. O esforço da Secretaria da Segurança Pública tem o objetivo de coibir aglomerações e atividades clandestinas que desrespeitem as medidas sanitárias.

A operação envolve maior presença policial nas estradas estaduais, policiamento motorizado nas cidades para evitar crimes e atuação do Corpo de Bombeiros para acidentes e emergências, além de postos específicos de fiscalização. Os trabalhos seguem até domingo, 4, e somam-se às atividades de segurança já existentes.
A Polícia Militar atuará por meio dos seis Comandos Regionais, distribuídos no Estado. Eles aplicarão seus efetivos nos pontos com maior circulação de pessoas e onde a análise criminal apontar maior incidência de crimes e emergências. A Polícia Civil estará com as equipes preparadas nas delegacias para atender a população e dar o devido encaminhamento nas situações flagradas pela polícia ostensiva.

Já a Polícia Científica atuará com seus profissionais para agilizar perícias, exames durante o feriado. O Departamento Penitenciário estará a postos para monitorar a atividade dos que possuem tornozeleira eletrônica e gerenciar a ocupação de vagas nas carceragens do estado.

“A Segurança Pública estará atenta neste feriado e aplicaremos nosso efetivo para que a população fique mais segura, e as orientações com relação ao cumprimento do decreto estadual sejam seguidas”, disse o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. “Estamos vivendo um momento delicado e contamos com a compreensão das pessoas para que fiquem em casa neste feriado e evitem aglomerações. Vamos reforçar as fiscalizações e teremos blitzes policiais e educativas em vários pontos do Estado, principalmente no Litoral, na região de Foz do Iguaçu e no Noroeste, entre outras que demandam reforço neste período”.

Deixe uma resposta