Paraná Extra

Anac quer mais rigor na segurança para embarque em vôos

Resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicada nessa segunda-feira (28) no Diário Oficial da União fixa medidas de segurança para o embarque de passageiros.

 

Entre os procedimentos estão a busca pessoal, a inspeção manual da bagagem de mão e o uso de equipamentos de segurança por agentes de Proteção da Aviação Civil.

 

A norma de hoje unifica duas resoluções anteriores: a 007, de 2007, que limitou o transporte de substâncias líquidas em voos internacionais, e a 168, de agosto do ano passado, que fixou medidas adicionais de segurança na revista de passageiros, como a retirada de bebês dos carrinhos para passar individualmente pelo detector de metais e o exame dos bebês pelo equipamento, longe do corpo do adulto.

 

Na avaliação da agência, as medidas simplificaram o processo e agilizaram o embarque dentro dos padrões internacionais de segurança.

 

Todas as ações de vistoria de passageiros em aeroportos é supervisionada pela Polícia Federal. O objetivo de todas as medidas, segundo a Anac, é evitar que armas e explosivos estejam a bordo.

 

(Agência Brasil)

Deixe uma resposta