Paraná Extra

Após anulação, eleição de Conselhos Tutelares será repetida neste domingo

A nova eleição para conselheiros tutelares de Curitiba acontece, no próximo domingo (10), nas regionais Bairro Novo, Boqueirão, Cajuru, Pinheirinho, Santa Felicidade e Tatuquara. As seis regionais tiveram problemas na eleição do dia 6 de outubro e o pleito foi cancelado.

Na regional Cajuru, uma urna teve a mídia retirada para ser testada e constatou-se que os votos computados eram de outra urna. Enquanto nas outras regionais, a foto dos candidatos não aparecia no momento do voto ou a foto não era a do candidato. Nas regionais Boa Vista, CIC, Matriz e Portão a eleição foi validada.

Além disso, o Ministério Público do Paraná (MP-PR) recebeu denúncias de casos de boca de urna, transporte irregular de eleitores até os locais de votação por parte de candidatos e propaganda de candidatos durante eventos religiosos.

Diante disso, o MP-PR expediu recomendações administrativas ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Curitiba, que organiza a eleição. Entre elas está que a Comissão Eleitoral do processo deverá assegurar o uso de crachás oficiais e padronizados por todos os profissionais atuantes nos locais de votação, em especial mesários, presidentes de mesa, membros e equipe de apoio da Comissão Eleitoral e do Comtiba. A relação dos indicados para atuarem como fiscais também deve ser encaminhada pela Comissão Eleitoral ao Ministério Público para controle durante o dia da votação.

Ao todo, 116 candidatos disputam 30 vagas para conselheiros titulares e 30 vagas para suplentes. Os eleitos tomam posse em 10 de janeiro, para uma gestão de quatro anos. Serão escolhidos os candidatos com maior número de votos.

Os conselheiros tutelares trabalham nas regionais para defender e garantir direitos de crianças e adolescentes vítimas de negligência, violência física, emocional e sexual.

A eleição será realizada das 8h às 17h no domingo. Cada uma das seis regionais terá um ponto de votação. Toda a população com mais de 16 anos e que possui título de eleitor vigente pode votar. É preciso levar um documento com foto no momento da votação, que será em urna eletrônica, emprestada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

(CBN)

Deixe uma resposta