Paraná Extra

Argentinos terão controle biométrico na fronteira

O sistema biométrico de controle migratório para argentinos que entram em Puerto Iguazú (AR) deve começar a funcionar ainda este ano. No Aeroporto de Iguazú nove guichês biométricos já estão em funcionamento.

Na aduana argentina da Ponte Internacional Tancredo Neves, na fronteira com Foz do Iguaçu, serão instalados 12 guichês para entrada e saída do país.

O chefe de Migrações, Jorge Lacour, explicou que o sistema ainda não entrou em funcionamento na aduana devido a obra de adaptação dos guichês antigos. “Uma vez que isso esteja pronto, serão realizados testes e entrarão em funcionamento”, disse.

A entrada biométrica será destinada a argentinos maiores de idade, seis guichês para entrada e seis para a saída do país.

O controle biométrico substitui o atual sistema manual, dando mais agilidade na fila migratória. O cidadão aproxima a cédula de identidade do sistema, que faz a leitura e estando com o documento em ordem libera uma porta para a passagem.

Lacour lembrou ainda, que o sistema digital é uma opção ao argentino que também poderá utilizar o atual sistema físico.

(Rádio Cultura)

Deixe uma resposta