Paraná Extra

Assalto a carros-fortes bloqueia BR-376 e provoca mortos e feridos

O vereador de Barra do JacarAi??, no norte do ParanA?, Elton de Alexandre Aguiar Matta (PV), de 31 anos,Ai??foi uma das vAi??timas fatais da tentativa de assalto a cinco carros-fortes na BR-376, perto da ColA?nia Witmarsum, em Palmeira, nos Campos Gerais do ParanA?.

Um caminhoneiro tambAi??m morreu no tiroteio com os criminosos na manhA? desta terAi??a-feira (6). Elton estava em um carro com outros dois vereadores do municAi??pio, em viagem para Curitiba. Miguel Calixto (PSD) levou um tiro na cabeAi??a e foi encaminhado em estado grave ao hospital de Ponta Grossa.

JA? o vereador Edval do Nascimento (PR) nA?o teve nenhum ferimento. Eles iam Ai?? Casa Civil do ParanA?, Ai?? SuperintendA?ncia de Desenvolvimento Educacional e Ai?? Secretaria de Agricultura e Abastecimento, em Curitiba.
O vereador Elton de Alexandre Aguiar Matta (PV) estava no segundo mandato como vereador em Barra do JacarAi??. Por enquanto, nA?o hA? informaAi??Ai??es sobre o velA?rio.

Bandidos bloquearam a BR-376 na regiA?o da ColA?nia Witmarsum, entre SA?o Luiz do PurunA? e Ponta Grossa, nos Campos Gerais, para assaltarem cinco carros-fortes que saAi??ram de Curitiba. Os marginais tentaram arrombar os veAi??culosAi??e trocaram tiros com os vigilantes e a polAi??cia, na altura do quilA?metro 536. Sete pessoas foram baleadas no local, incluindo dois assaltantes. Um foi preso e outro fugiu na mata.

O policial rodoviA?ria federal Cavalli disse que a tentativa de assalto, que aconteceu por volta das 8h50, foi frustrada pelas equipes policiais. ai???Os bandidos nA?o conseguiram levar nada devido Ai?? aAi??A?o dos vigilantes e da polAi??cia. Foram cinco marginais baleados, trA?s no local e dois em matagal. Um vereador do interior do estado morto no local e uma civil baleada em estado grave. SA?o estas as informaAi??Ai??es de momentoai???, descreveu.

Para bloquear a rodovia, os bandidos utilizara uma caminhA?o bitrem.Ai??A rodovia ficou interditada nos dois sentidos por mais de cinco horas.

 

Deixe uma resposta