Paraná Extra

Assembleia começa sessão na Ópera, cercada por centenas de PMs

Com questionamentos da oposição sobre a legalidade da quebra de prazos para votação da PEC da Previdência estadual, a Assembleia Legislativa iniciou agora pouco sessão plenária improvisada no teatro Ópera de Arame. O prédio está cercado por centenas de policiais militares, muitos fortemente armados, alguns inclusive oriundos do interior do Estado. Enquanto isso o prédio principal da Assembleia continua ocupado por servidores públicos estaduais, apesar da decisão judicial para que haja a desocupação. O líder da oposição, Tadeu Veneri (PT), já anunciou que vai recorrer à justiça por considerar ilegal o desrespeito aos prazos previstos na Constituição para a votação da PEC, que seriam de cinco sessões.

Deixe uma resposta