Paraná Extra

Aumento de professores municipais pode chegar a mais de 19%

A Câmara Municipal de Curitiba aprovou nesta segunda-feira 02), em primeiro turno, o aumento de salário para os professores da rede municipal de ensino. Além do reajuste de 10%, concedido a todos os servidores municipais na semana passada, a classe terá aumento de 8,69%, atingindo um total de 19,56% de aumento a partir deste mês.

De acordo com a proposta, os servidores da educação no município passarão a receber, como piso salarial, o valor de R$ 1.434,62 por uma jornada de 20 horas semanais. A proposta foi enviada à Câmara Municipal pelo prefeito Luciano Ducci (PSB) após negociação com o Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac).

 

De acordo com a diretora do Sismmac, Silmara Carvalho, a grande conquista da classe foi reverter a porcentagem que seria destinada à gratificação pelo Programa de Produtividade e Qualidade (PPQ) em valores que serão incorporados como aumento real nos vencimentos. “Nós somos contra essa política de gratificação porque ela é ligada à meritocracia”, afirmou Silmara.

Segundo com a representante, as perdas históricas da categoria ao longo dos últimos 15 anos somava 14,08%. Com o reajuste, essas perdas foram repostas e reduzidas a praticamente zero. “Agora começa a nossa luta por aumento real”, destacou. “Ainda não estamos plenamente satisfeitos”, emendou.

Para a vereadora Professora Josete, a mobilização dos professores foi indispensável para a conquista do reajuste. A parlamentar criticou a postura do Executivo em não conceder a todos os servidores municipais o mesmo reajuste aprovado para os trabalhadores do magistério. “Em ano eleitoral as coisas funcionam diferente. É uma conquista para os professores, mas acho que ela deveria se estender pára todos os outros servidores”, comentou.

Novos reajustes – O líder do prefeito na Câmara Municipal de Curitiba, vereador Roberto Hinça (PSD), informou que o projeto de lei que prevê aumento de salário para os funcionários do setor de finanças da Prefeitura deve ser votado até amanhã(02).

(Portal Banda B)

Deixe uma resposta