Paraná Extra

Avenida das Torres perde esta semana sua A?ltima estrutura de metal

Deve ser concluAi??do nesta semana o desmonte das torres de energia da Avenida das Torres, em Curitiba. No total eram 25 grandesAi??estruturas de metal que estA?o sendo desmontadas pela Copel.Ai??Ai??Por cinco dAi??cadas,Ai?? as torres emprestaram o nome ao principal corredor de ligaAi??A?o entre as cidades de Curitiba e SA?o JosAi?? dos Pinhais. Mas nos A?ltimos meses, desde de novembro, a paisagem da avenida foi se modificando.

Da altura da comunidade Vila das Torres atAi?? SA?o JosAi?? dos Pinhais, sA? o que se vA? Ai?? o canteiro central da via de 18 quilA?metros de extensA?o. A remoAi??A?o das estruturas tambAi??m deixou mais evidente a arquitetura do viaduto estaiado, que fica no cruzamento da Avenida das Torres com a Rua Coronel Francisco H. dos Santos e que liga o Cajuru e o Jardim das AmAi??ricas ao Uberaba e Hauer.

Apenas uma torre e alguns dos chamados ai???superpostesai??? ainda estA?o em pAi??, na regiA?o do bairro RebouAi??as. A linha de transmissA?o foi desligada e deslocada provisoriamente, atAi?? seja construAi??da uma linha subterrA?nea de transmissA?o, tambAi??m de alta tensA?o, mas com estrutura para operar com a capacidade mA?xima.

A linha antiga, que comeAi??ou a ser instalada na dAi??cada de 30, tinha, alAi??m das 25 torres, 20 superpostes e 42 quilA?metros de cabos condutores elAi??tricos. A Companhia Paranaense de Energia (Copel) Ai?? a responsA?vel pela obra de desligamento da linha aAi??rea e de construAi??A?o de uma linha subterrA?nea. O custo Ai?? de R$ 157 milhAi??es.

A nova linha subterrA?nea vai ter oito quilA?metros de extensA?o e vai ampliar a capacidade de operaAi??A?o de 69 kv para 230 kv. A estrutura vai conectar a jA? existente subestaAi??A?o Uberaba Ai?? subestaAi??A?o Curitiba-Centro, que estA? sendo construAi??da ao lado do viaduto do Capanema. As obras de implantaAi??A?o da nova linha subterrA?nea devem ser concluAi??das em marAi??o de 2019.

Deixe uma resposta