Paraná Extra

Bares recorrem à justiça para abrir como lanchonete

A Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar) entrou na Justiça com um mandado de segurança contra a Prefeitura de Curitiba, para que os estabelecimentos possam abrir normalmente como lanchonetes e restaurantes.
Segundo Fabio Aguayo, presidente da Abrabar, os bares estão proibidos de atuar apenas com venda de bebidas, segundo o último decreto publicado pelo executivo, mas a maioria tem previsto no alvará a venda de alimentos.

De acordo com a advogada Vanessa Grassi Severino, que representa a entidade na ação, a intenção não é fazer com que os bares voltem a funcionar normalmente.

Por meio de nota a Prefeitura de Curitiba informa que aguarda a manifestação da Justiça.

No dia 21 de julho a Prefeitura de Curitiba publicou um novo decreto (940/2020) que liberou a abertura de alguns serviços na cidade, mas manteve a suspensão de funcionamento de bares na cidade. A medida faz parte do alerta laranja, que coloca a capital com risco de alerta médio para o novo coronavírus.

(CBN)

Deixe uma resposta