Paraná Extra

Beto vira rAi??u pela segunda vez na “Quadro Negro”, agora com esposa

Beto Richa (PSDB) voltou a virar rAi??u na operaAi??A?o “Quadro Negro”, ao lado de mais cinco pessoas, por decisA?o doAi??juiz Fernando Bardelli Silva Fischer, da 9A? Vara Criminal de Curitiba, que decidiu aceitar uma denA?ncia do MinistAi??rio PA?blico do ParanA?. Uma das arroladas como rAi??s Ai?? a ex-primeira dama Fernanda Richa.

Pela denA?ncia, o ex-governador que estA? preso hA? duas semanas em Pinhais, Ai?? acusado de obstruAi??A?o de investigaAi??A?o de organizaAi??A?o criminosa no A?mbito da operaAi??A?o. Os outros acusados de obstruAi??A?o de investigaAi??A?o sA?o o operador financeiro Jorge Atherino, Rafael de Sarandy Wawryniuk (genro de Atherino), o ex-diretor best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug, best ed drug. da Secretaria de EducaAi??A?o MaurAi??cio Fanini, o empresA?rio JoA?o Gilberto Cominese Freire e o ex-procurador SAi??rgio Botto de Lacerda.

“Verifico a existA?ncia da justa causa para exercAi??cio da aAi??A?o penal, consubstanciada nos elementos indiciA?rios e elementos de prova que instruem os autos e que representam lastro probatA?rio da materialidade e de prozac no prescription needed, prozac no prescription needed, prozac no prescription needed, prozac no prescription needed, prozac no prescription needed, prozac no prescription needed. indAi??cios suficientes de autoria dos delitos de obstruAi??A?o de investigaAi??A?o de organizaAi??A?o criminosa e organizaAi??A?o criminosa atribuAi??dos aos denunciados”, afirmou o juiz, ao aceitar a denA?ncia.

A OperaAi??A?o Quadro Negro apura desvios de mais de R$ 20 milhAi??es de obras de escolas pA?blicas do estado, entre 2012 e 2015.Ai??O tucanoAi??Ai?? acusado pelo MinistAi??rio PA?blico como chefe de uma organizaAi??A?o criminosa que criou um sistema de corrupAi??A?o para conseguir propina por meio do favorecimento de empresas privadas contratadas pelo governo.

Deixe uma resposta