Paraná Extra

Blogueiro que ofendeu senadora Ai?? obrigado pela justiAi??a a se retratar

O blogueiro FA?bio Cotrim ofendeu a senadora Gleisi Hoffmann com termos misA?ginos e foi obrigado a se retratarAi?? nas redes sociais. Na postagem, Cotrim assume que ofendeu ai???a Senadora Gleisi Hoffmann, adjetivando-lhe por termos vulgares e misA?ginos, capazes de macular sua idoneidade privada e pessoalai???. Ele postou tambAi??m que atribuiu ai???Ai?? Senadora Gleisi Hoffmann a suposta prA?tica de crime de ameaAi??a, o que nA?o corresponde com a verdade, vez que nA?o praticou tal conduta e nem foi acusada desse fatoai???.

No final, o internauta pede desculpas e lamenta pelo ocorrido: ai???manifesto meu profundo lamento pelo ocorrido e peAi??o desculpas Ai?? Senhora Senadora Gleisi Hoffmann pelos danos que causei Ai?? sua honra, bem assim, a todas as pessoas que se sentiram ofendidas por meus atosai???.

Cotrim limpou o seu Facebook depois que foi obrigado pela justiAi??a a se retratar. Uma conta no Twitter sua, no entanto, mostra ao menos uma postagem indicando que o internauta jA? deve ter tido problemas semelhantes em passado recente.

Gleisi se manifestou nas redes sociais sobre a decisA?o judicial:

ai???Quem me conhece, sabe bem o quanto combato diariamente o machismo e a misoginia na sociedade, assim como luto cotidianamente para ampliar a participaAi??A?o das mulheres na polAi??tica e nos espaAi??os de poder e decisA?o. Apesar de sermos mais da metade da populaAi??A?o brasileira (52%), somamos menos de 10% dos parlamentares em atuaAi??A?o hoje no Congresso Nacional. Essa batalha pela superaAi??A?o do machismo e da misoginia nA?o Ai?? diferente na Internet. Os desafios na rede sA?o ainda maiores. Recebo mensagens todos os dias insultando minha honra e a honra das mulheres brasileiras. FaAi??o questA?o de processar todos aqueles que transformam a facilidade de expressA?o e suposto anonimato, dados pela internet e pela tecnologia, em facilidade para destilar preconceitos. Estou na vida pA?blica desde o movimento estudantil, elegi-me Senadora em 2010 e tambAi??m fui Ministra-Chefe da Casa Civil no perAi??odo 2011-2014 ai??i?? e em todos os momentos utilizei a representaAi??A?o polAi??tica para propor leis de igualdade de gA?nero e para responsabilizar aqueles que cometem preconceito. A luta pelas mulheres Ai?? a luta de todas as mulheres. No texto abaixo, estA? a retrataAi??A?o de um blogueiro, resultante de um processo que ganhei na JustiAi??a, por ter ofendido a minha honra e a honra das brasileiras. Basta de machismo!ai???, afirmou

(Com Portal Banda B)

Deixe uma resposta