Paraná Extra

Caem juros para emprAi??stimos a aposentados e pensionistas

Foi publicada na ediAi??A?o de hoje (6) do DiA?rio Oficial da UniA?o uma resoluAi??A?o do Conselho Nacional de PrevidA?ncia que recomenda ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a reduAi??A?o de 2,14% para 2,08% do teto mA?ximo de juros cobrados ao mA?s nas operaAi??Ai??es de emprAi??stimo consignado para aposentados e pensionistas do INSS . A mesma resoluAi??A?o reduz de 3,06% para 3% ao mA?s a taxa de juro cobrado nos casos de consignados para operaAi??Ai??es que visam o pagamento de dAi??vidas com cartA?o de crAi??dito.

A reduAi??A?o dessas taxas foi aprovada em setembro pelo conselho e dependia de sua publicaAi??A?o para entrar em vigor. Na Ai??poca, a PrevidA?ncia Social havia informado que as mudanAi??as foram possAi??veis graAi??as Ai??s quedas observadas na taxa bA?sica de juros (Selic). De acordo com a PrevidA?ncia, os novos tetos permitem condiAi??Ai??es mais vantajosas para o acesso ao crAi??dito, possibilitando inclusive a migraAi??A?o de dAi??vidas mais caras, como as de cartA?o de crAi??dito, para uma modalidade mais barata.

A resoluAi??A?o reduz tambAi??m o limite da margem consignA?vel para o pagamento de amortizaAi??A?o de despesas contraAi??das por meio de cartA?o de crAi??dito, de 2 para 1,4 vezes o valor do benefAi??cio mensal, o que, segundo a PrevidA?ncia, permitirA? a liquidaAi??A?o do emprAi??stimo em atAi?? 72 meses. Com essa medida, o governo pretende impedir um endividamento muito alto, alAi??m de diminuir o risco de inadimplA?ncia.

O crAi??dito obtido por meio de emprAi??stimos consignados Ai?? o de menor custo no mercado. A partir da resoluAi??A?o publicada hoje, o INSS deverA? adequar seus sistemas para que se adote as recomendaAi??Ai??es apresentadas pelo conselho.

(AgA?ncia Brasil)

Deixe uma resposta