Paraná Extra

Cansado de ver “clientes” esconderem bacalhau na calcinha comerciante inova na segurança

Antigamente a moda dos ladrões era esconder dinheiro na cueca, agora é bacalhau na calcinha. Pelo menos é o que acontece numa loja no Mercado Municipal de Curitiba, na região central da capital. Cansado de ver seus peixes furtados, o proprietário da loja instalou, no último mês, câmeras de segurança e um sensor na cesta de bacalhau. Em entrevista à Banda B, Geri Ângelo Carteri, proprietário da loja, confirmou que o empreendimento já deu resultado.

Segundo ele, na semana passada, uma mulher foi flagrada pelas câmeras quando furtava uma peça de bacalhau. É possível ver no vídeo que a ladra esconde o peixe embaixo do vestido e vai embora, como se nada tivesse acontecido.

Geri Ângelo Carteri explicou quando tomou a medida drástica. “Todo o dia eu ia contar as peças e notava que faltava uma. Começamos a observar que membros de uma quadrilha vinham e escondiam na saia. Instalamos uma câmera de segurança e um sensor nos peixes e pelo menos uma pessoa já foi pega. Esta mulher do vídeo conseguiu escapar”, disse o comerciante.

Ele relatou que os ladrões furtam para vender. “Não tem coragem de comer, já que sabe aonde colocaram, mas vendem para outros. Uma peça que valia R$ 400 negociam por menos de R$ 100. Quem come não tem nem idéia de por onde passou o pescado”, ponderou.

Com a divulgação do flagra na imprensa, Geri espera que o número de furtos caia nos próximos dias. “Aqui é uma região complicada, cheia de violência. Se a polícia não faz nada, a gente tenta tomar uma atitude por conta própria”, concluiu.

Da Rádio Banda B

Deixe uma resposta