Paraná Extra

Caso Fiuza: policia diz que crime pode ser fruto de “mente perturbada”

A Delegacia de Homicídios investiga desde a noite de ontem (29) o caso envolvendo o empresário Veríssimo Canales Fiuza, de 31 anos, sócio de uma boate elitizada localizada no bairro Batel. Fiuza agrediu e matou a namorada Elizabete Cristina Pereira, de 25 anos, e em seguida atirou contra a própria cabeça. Segundo o delegado Rubens Recalcati, chefe da DH, familiares e amigos foram ouvidos, até agora todos relataram que o empresário era uma pessoa tranquila, no entanto, para a polícia o caso foi resultado de alguém com uma mente perturbada.

 

 

“Já no início das investigações conversamos com várias pessoas, que garantiram que o rapaz não era alguém violento. Mas por todas as peculiaridades do caso acredito que só terminou assim por ser resultado de uma mente perturbada. Ele gostava demais dela e não conseguia lidar com o medo da perda”, disse Recalcati.

 

Com relação às imagens da câmera de segurança, o delegado contou que existe a possibildiade de Elizabete ter morrido antes de ser alvejada com um tiro na testa. “São imagens claras de agressões violentas dele contra ela. Com tamanha agressividade, existe a possibilidade dela já estar morta antes de receber o tiro”, concluiu.

 

O caso

 

A empregada chegou de manhã e o quarto estava trancado. Como isso sempre acontecia, ela não deu muita importância e começou a trabalhar. Mas a tarde, como ninguém respondia, ela resolveu chamar a polícia. No início da noite desta terça-feira (29), uma equipe do 6º Distrito Policial foi até a residência, na rua Emilio Bertolini no bairro Cajuru em Curitiba. Ninguém respondeu novamente; eles arrombaram a porta encontraram os dois corpos na cama.

 

Segundo a polícia, o empresário Veríssimo Canales Fiuza, 31 anos, (foto), agrediu e matou a namorada Elizabete Cristina Pereira, 25 anos, em seguida atirou contra a própria cabeça. Fiuza é sócio de uma casa noturna “elitizada” que fica no bairro Batel. Policiais disseram que ele e a namorada estavam tendo um relacionamento conturbado; ela teria ido até a casa dele na noite de segunda-feira (28) para terminar tudo.

 

(Com Portal Banda B)

Deixe uma resposta