Paraná Extra

CGU multa Madero por dar propina a fiscais

A CGU (Controladoria Geral da União) multou o restaurante Madero em R$ 442 mil por pagamento de propina em dinheiro e alimentos a funcionários do Ministério da Agricultura. Os membros da União em questão, eram designados para fiscalizarem lojas da rede nas cidades de Balsa Nova e Ponta Grossa, no Paraná. O valor a ser pago corresponde a 0,1% do valor do faturamento bruto da empresa no ano de 2017, excluídos os tributos e a multa aplicada. O restaurante ainda deverá publicar a penalidade da CGU em uma edição de um dos quatro jornais de maior tiragem e circulação nacional, na entrada principal das lojas em que ocorreram os casos.

(Do UOL)

Deixe uma resposta