Paraná Extra

Com a crise explodem as reclamações ao Procon

No primeiro semestre deste ano o Procon do PR registrou um total de 59.196 atendimentos. O número representa uma média diária de 290 atendimentos. É o maior índice registrado nos últimos quatro anos, representando alta de 21,94% na comparação com 2014.

Os dados são da Confederação Nacional do Comércio. Segundo Claudia Silvano, coordenadora do Procon-PR, a alta é conseqüência da situação econômica nacional, e ainda do alto índice de endividamento da população. Segundo ela, algumas pessoas chegam a entrar em desespero, e aí procuram o órgão.

Claudia Silvano disse que o papel do órgão é fazer uma espécie de meio de campo entre credores e devedores.

Existe ainda um outro perfil dos endividados, os que sentem vergonha da situação. Mas, de acordo com Cláudia Silvano, não é preciso mostrar a cara. Existe uma plataforma online para atendimento das solicitações.

Ainda segundo o Procon, serviços de telefonia e bancários são os dois setores que mais incomodam os consumidores. Outra situação que merece atenção redobrada para evitar dores de cabeça são as compras na internet.

Deixe uma resposta