Paraná Extra

Com UTIs lotadas, Cascavel pode enviar pacientes com Covid-19 a outras cidades

A Secretaria de Saúde de Cascavel informou que os 10 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados ao tratamento da Covid-19 no município estão ocupados. Segundo a Secretaria, o risco de haver um colapso no sistema de saúde no município é alto.
Os pacientes que precisarem de leitos a partir de agora, em Cascavel, serão transferidos para outras cidades da Macro Região Oeste. Foz do Iguaçu está entre essas cidades. Cascavel é responsável pela 10º Regional de Saúde e atende pacientes de outras 24 cidades.

Cascavel é a cidade com a pior situação no oeste do Paraná em ocupação de leitos. Em segundo está Assis Chateaubriand, que ocupa 70% dos leitos. Ambas as cidades disponibilizam 10 leitos específicos para Covid-19. Foz do Iguaçu é a cidade que tem mais leitos disponíveis no oeste, sendo 30 leitos de UTI, e, de acordo com o último boletim, apenas dois estão ocupados, ou seja, a taxa de ocupação é de 6,67%.

Além dessas cidades, também tem leitos específicos para Covid-19 na região oeste, Francisco Beltrão, Pato Branco, Toledo e Palmas. Ao todo são disponibilizados 71 leitos de UTI na Macro Região. No estado, é a região com menos leitos disponíveis por habitante, a região oferece um leito de hospital para cada 27,4 mil moradores.

Deixe uma resposta