Paraná Extra

Continua suspensa a cobrança do pedágio pela Econorte

A cobrança na praça de pedágio da Econorte, em Jacarezinho, no Norte do Paraná, continua suspensa, por decisão da 1ª Vara Federal de Jacarezinho, do dia 2 de março. A cobrança já havia sido suspensa em 22 de novembro por força de uma liminar conseguida pelo Ministério Público Federal (MPF), e, depois, a derrubada por decisão do ministro João Otávio de Noronha, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), no dia 28 de fevereiro. A decisão em vigor é a da 1ª Vara Federal de Jacarezinho. A Econorte confirmou que mantém a praça aberta, sem cobrança de pedágio.

Segundo a empresa, a redução de tarifas em 26,75% nas demais praças da empresa permanece suspensa. A empresa ainda não se manifestou oficialmente sobre eventual tentativa de seus advogados de derrubar a nova liminar, alegando descumprimento de determinação do STJ. No sistema do STJ não há novo recurso protocolado.

A Econorte informou o status atual da empresa em relação a prestação de serviços. “Praça de Jacarezinho segue desativada; Valores dos pedágios de Jataizinho e sertaneja voltam aos valores de antes da liminar (http://www.triunfoeconorte.com.br/home.aspx); foram retomados os atendimentos nas Br-153 e PR-090″,

Deixe uma resposta