Paraná Extra

Continuam as negociações na rebelião da casa de Custódia

As negociações com os presos da Casa de Custódia de Curitiba, rebelados desde às 18h de domingo (1), foram reiniciadas nesta manhã desta terça-feira (3), de acordo com informações do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen). Em nota, o Depen disse que não há informações sobre presos e agentes penitenciários feridos. Quatro agentes continuam reféns, após o início do motim na Casa de Custódia, na Cidade Industrial, no limite com Araucária.

A rebelião começou por volta das seis horas da tarde de ontem, quando os agentes foram rendidos na hora da contagem dos presos na galeria 1, uma das três existentes no local. Ao todo, 172  presos participam da rebelião. Segundo o Departamento Penitenciário do Paraná, policiais militares e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da PM e a Seção de Operações Especiais (SOE) estão na Casa de Custódia para atender a ocorrência.

A esposa de um dos detentos da Casa de Custódia afirma que a falta de notícias angustia os familiares que estão do lado de fora. Ela diz que a rebelião teria começado por causa da transferência de presos da unidade para outras prisões que seriam dominadas por uma facção criminosa rival à deles.

Deixe uma resposta