Paraná Extra

Contribuinte com uma fonte de renda não terá que declarar IR em 2014

Os contribuintes pessoas físicas que possuem uma única fonte de renda e que optarem pelo modelo simplificado não precisarão fazer a declaração do IR (Imposto de Renda). De acordo com a Receita Federal, a previsão é que isso ocorra a partir de 2014 (referente ao ano-calendário 2013).

A declaração passará a ser previamente preenchida pela Receita Federal e depois entregue a esses contribuintes, que apenas confirmarão ou não as informações contidas no documento.

Para os demais contribuintes a declaração permanecerá como é hoje, com alguns ajustes apenas. Mais detalhes serão divulgados entre hoje e segunda-feira.

SIMPLIFICAÇÃO

A mudança pretende simplificar o sistema brasileiro. Como revelado pela Folha no último dia 6 de dezembro, o governo decidiu acabar com a principal declaração entregue hoje pelas empresas, a do IR da Pessoa Jurídica.

Para atender a ordem de racionalizar o sistema tributário brasileiro, dada pela presidente Dilma Rousseff em seu discurso de posse, a Receita Federal também vai extinguir mais sete documentos e adotar medidas para simplificar o PIS/Cofins.

Na ocasião, em entrevista à Folha, o secretário da Receita, Carlos Barreto, disse que várias declarações não são mais necessárias porque o órgão já dispõe das mesmas informações por meio de sistemas eletrônicos, notas fiscais eletrônicas e do Sped (Sistema Público de Escrituração Digital).

“Não justifica mais a gente exigir do contribuinte uma declaração sobre algo que já temos”, afirmou.

Neste ano, foram entregues 24,4 milhões de declarações de Imposto de Renda. Cerca de 569.671 declarações caíram na malha fina, segundo a Receita. Em 2010, o número foi maior, de 700 mil.

Da Folha.com

Deixe uma resposta