Paraná Extra

De sexta a domingo os ícones do Folk Rock Rural na Caixa

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de sexta (2) a domingo (4), o espetáculo Encontro das Gerações do Folk Rock Rural, com o anfitrião Tuia, além dos consagrados Guarabyra (da dupla Sá & Guarabyra), Tavito (Clube da Esquina) e do violeiro Ricardo Vignini. O show inédito de Rock Rural, gênero que mistura o folk americano à música regional brasileira, trará grandes canções dos artistas além de clássicos do ritmo. Ao lado de Tuia, eles farão interpretações em duetos e também cantarão sozinhos.

Para os que não conhecem o gênero, o anfitrião Tuia explica que assim como a Jovem Guarda e o Tropicalismo, o Folk Rock Rural é também um movimento importante na música brasileira. “É um movimento que está vivo e presente”, completa.

Tuia avisa que não se trata de um show indie, como quando o folk começou. “A gente segue a influência brasileira. E mistura clássicos com elementos mais novos. É nostalgia com frescor”, resume o músico, que faz questão de ressaltar que o show não é um espetáculo de flashback, como se fossem covers. O repertório reúne canções que resistiram ao tempo. “Esse é o maior prêmio de todo artista. É a prova do tempo. O sucesso é momentâneo, mas quando a música permanece de forma atemporal é uma alegria.”

Entre os sucessos, eles cantam Casa no Campo, Rua Ramalhete (Tavito), Sobradinho, Espanhola (Sá e Guarabyra), O Céu, Pote azul (Tuia). Para mostrar a qualidade da obra desses artistas, o show traz canções que serão tocadas de forma mais intimista.

Tavito, Zé Rodrix, Sá e Guarabyra foram alguns dos precursores do estilo Folk Rock Rural no Brasil na década de 1970, um movimento pioneiro que uniu o folk e o rock com sons regionais nacionais, marcando presença ao longo do tempo nas vozes de Renato Teixeira, Zé Geraldo, entre outros. Atualmente, o gênero mantém sua força no cenário musical, com novos expoentes, como Tuia e Ricardo Vignini, que dão continuidade ao legado desse estilo. Encontro das Gerações do Folk Rock Rural representa um importante momento para o gênero que costuma surpreender o público.

Quem é quem

Tuia, o anfitrião do show de Curitiba, é cantor e compositor do interior de São Paulo. Despontou nos anos 1990 com a banda Dotô Jéka, que se destacou pela originalidade, misturando rock com música caipira. A banda alcançou os primeiros lugares nas rádios do interior de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Nordeste. Em 2016, Tuia lançou “Reverso Folk”.

Tavito chamou atenção, primeiramente, como guitarrista/violeiro do grupo “Som Imaginário”, juntamente com Zé Rodrix, Robertinho Silva, Wagner Tiso, Luiz Alves, Naná Vasconcellos e Fredera, músicos que acompanharam Milton Nascimento no Clube de Esquina. O músico, compositor, arranjador, produtor de discos e publicitário de Belo Horizonte compôs com Zé Rodrix a canção “Casa no Campo”, imortalizada na voz de Elis Regina. É autor da canção “Rua Ramalhete”, eleita recentemente trilha sonora oficial de Belo Horizonte.

Guarabyra nasceu no interior da Bahia e começou sua carreira artística em 1967, ao lado de Luiz Carlos Sá e Sidney Miller. Participou e venceu a fase nacional do II Festival Internacional da Canção, promovido pela TV Globo, com “Margarida”, inspirada em uma cantiga de roda. Em 1971, formou, com Luiz Carlos Sá e Zé Rodrix, o trio Sá, Rodrix e Guarabyra, com o qual gravou os LPs “Passado, presente e futuro”(1971) e “Terra” (1972). A partir de 1973, com o desligamento de Zé Rodrix do trio, passou a atuar em dupla com Luiz Carlos Sá com o nome de Sá e Guarabyra. Depois de 26 anos, Zé Rodrix voltou e o trio reestreou no Rock in Rio III, em 2001. Em 2009, pouco antes do falecimento de Zé Rodrix, o trio lançou seu último trabalho, “Amanhã” (Roupa Nova Music).

O paulistano Ricardo Vignini é um dos violeiros mais atuantes do Brasil. Produtor e pesquisador de cultura popular do Sudeste, gravou cinco CDs ao lado da banda Matuto Moderno e participou dos principais eventos sobre a viola no Brasil. Tem 10 CDs lançados, integra o duo Moda de Rock com o violeiro Zé Helder, trabalho de grande repercussão nacional e internacional, apresentando versões de músicas de Jimi Hendrix, Metallica e Led Zeppelin. Participou do CD Carbono do Lenine e do seu show no Rock in Rio 2016.

Novo teatro

O show marca a reabertura do Teatro da CAIXA Cultural Curitiba, que teve sua infraestrutura totalmente adaptada. As obras, iniciadas em fevereiro, incluíram adequações no sistema elétrico, melhorias no ar condicionado, troca de tecidos das poltronas e cortina. “O teatro da CAIXA Cultural Curitiba será reaberto com o máximo de segurança, conforme as exigências dos Bombeiros, e com o conforto que o público que frequenta o espaço merece. Vale a pena conferir”, diz a coordenadora Isabel Nascimento.

 

Serviço

Música: Encontro das Gerações do Folk Rock Rural

Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 2 a 4 de junho de 2017 (sexta a domingo)

Horário: sexta-feira, às 20h. Sábado, às 19h e às 21h. Domingo, às 19h

Ingressos: vendas a partir de 27 de maio (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: livre para todos os públicos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

Deixe uma resposta