Paraná Extra

Decisão de Ratinho é criticada por responsável pela maior pesquisa sobre o vírus

Responsável pelo maior estudo sobre a Covid-19 no país , Pedro Hallal, reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) fez duras críticas à decisão tomada pelo governador Ratinho Junior, ao suspender a quarentena exatamente no dia em que o Paraná bateu recorde no número de mortes, bem como a Capital.

Em entrevista à RPC, o professor disse que ainda não era a hora de se flexibilizar medidas de combate à Covid-19, já que a flexibilização deve ocorrer apenas quando há queda acentuada dos casos.

A pesquisa “Evolução da Prevalência de Infecção por Covid-19 no Brasil: Estudo de Base Populacional”, financiada pelo Ministério da Saúde e divulgada na semana passada, trouxe dados de 133 cidades brasileiras, espalhadas pelo território nacional. Embora não tenha o retrato do país, mostrou áreas em suas diferentes etapas de enfrentamento à Covid-19.

Hallal lembrou que todas os países ou cidades que não agiram desta forma tiveram a alta de casos nas semanas seguintes.

O exemplo mais importante é o dos Estados Unidos, que depois de se tornar o epicentro da pandemia no mundo, começou a relaxar as restrições e agora vê estados voltarem a ter que tomar medidas mais severas, como a Califórnia, que voltou a proibir a abertura de bares.

 

Deixe uma resposta