Paraná Extra

Defesa de Lula quer que ex-presidente seja solto imediatamente

A defesa de Lula vai apresentar, nesta sexta-feira (8), o pedido para que o ex-presidente seja solto imediatamente. Os advogados se manifestaram logo depois do julgamento, no Supremo Tribunal Federal, em que os ministros declararam inconstitucional a prisão de condenados em segunda instância. A petição vai ser apresentada à juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena de Lula no caso do triplex do Guarujá.

Em nota, a defesa do ex-presidente disse que a decisão do STF reforça que Lula está preso injustamente e de forma incompatível com a Constituição e o Código de Processo Penal. Os advogados informaram que vão se reunir com Lula em Curitiba, nesta sexta-feira. A nota reforça que a defesa vai reiterar o pedido para que o STF julgue o habeas corpus que pede a nulidade de todo o processo do triplex do Guarujá. Os advogados sustentam a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro e dos procuradores da Lava Jato, entre outras ilegalidades.

 

Deixe uma resposta