Paraná Extra

Depois de Cascavel, governo se instala agora em Londrina até sexta

A exemplo do que aconteceu com Cascavel, quando da realização da Expovel, a sede do governo se transfere para Londrina, na região Norte, até sexta-feira (12). Uma solenidade na Sociedade Rural do Paraná, às 18 horas, vai marcar a instalação do governo na cidade. Na quinta e sexta-feira (11 e 12), o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o vice-governador Darci Piana, secretários de Estado e diretores de empresas e autarquias despacharão do Parque de Exposições Ney Braga.

Além de atendimentos no gabinete, a agenda em Londrina inclui reunião do secretariado, na quinta-feira, e encontro com prefeitos e lideranças da região Norte, na sexta. A transferência coincide com a 59a edição da ExpoLondrina, que começou na última sexta-feira e segue até o próximo domingo (14). Pela primeira vez, a Assembleia Legislativa também vai se instalar na feira.

“Este modelo de trabalho aproxima o governo da população e fortalece os municípios do Interior”, afirma o governador. “É também uma forma de demonstrar a atenção do Governo do Estado com o agronegócio. Aproveitamos a ExpoLondrina, que é uma das principais feiras agropecuárias do País, para levar a estrutura do Estado à região”.

É a segunda vez neste ano que a estrutura estadual é levada para o Interior. Em fevereiro, a sede do Executivo foi transferida para Cascavel, no Oeste, durante a realização do Show Rural. O governo está elaborando um cronograma para atender todas as regiões do Estado.

APOIO E PARTICIPAÇÃO – O Governo do Estado está presente com diversas ações na ExpoLondrina, que é posicionada como um dos maiores eventos do agronegócio do Brasil.

A Secretaria da Agricultura e do Abastecimento participa desde o início da exposição, com estandes e eventos técnicos de suas vinculadas. O Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), por exemplo, apresenta na feira o Iapar Clima, um aplicativo para smartphones que aponta em tempo real as condições agrometeorológicas das regiões produtoras do Paraná. O Iapar também expõe o gado Purunã, raça genuinamente paranaense desenvolvida pelo instituto.

Já o Instituto Emater leva a tradicional Fazendinha, que mostra ao público diversas etapas da produção agropecuária. No espaço também são ofertados oficinas e palestras técnicas.

Deixe uma resposta