Paraná Extra

Deputados do PMDB se queixam de atendimento a Beto: segunda linha

Os deputados Caito Quintana e Nereu Moura, do PMDB, foram até o governador Beto Richa (PSDB) reclamar, nesta manhã (13) do atendimento que a bancada, que está na base de apoio ao governo, vem recebendo do secretariado. O partido estaria sendo tratado como uma bancada “de segunda linha” pelo primeiro escalão do governo, expressão usada pelos próprios deputados.

“A bancada precisa se encontrar mais com o governo, falta maior diálogo com os secretários, um melhor entendimento, um relacionamento mais intenso”, defendeu Caito. Segundo o deputado, o governador concordou com a queixa e prometeu agir.

Uma das principais queixas dos deputados é em relação à não liberação das emendas ao orçamento do ano passado e deste ano.

Já, em posição divergente, o deputado Waldyr Pugliesi, presidente do PMDB paranaense, nega a existência de uma crise entre a bancada do e o governo. Para ele, a relação da bancada do PMDB com Richa é “respeitosa, republicana e nunca foi fisiológica”.

O fundamental, para nós, é a manutenção das políticas públicas implantadas no governo do PMDB e isso o governador Beto Richa está fazendo, afirma e dando como exemplo, a não privatização da Copel e da Sanepar.

Pugliesi diz ser contrário à apresentação de emendas por deputados, que não resolveriam os problemas dos municípios.

Para ele, “muitas vezes elas se transformam em balcão de negócios e por mim as emendas seriam banidas em todos os níveis do Legislativo”.

Deixe uma resposta