Paraná Extra

Desde janeiro, 120 mortes por gripe já foram registradas no estado

Boletim divulgado pela Secretaria de estado da Saúde mostra que, em duas semanas, mais três mortes por gripe foram confirmadas no Paraná. Desde janeiro, são 120 óbitos. Entre as mortes registradas está a de um homem de 55 anos de Curitiba. A capital chega a 22 óbitos e soma o maior número de mortes por gripe neste ano no estado. Ao todo, Curitiba alcança 147 casos da doença. Além da capital, Foz do Iguaçu é a única cidade no Paraná com mais de cinco óbitos.

O município do oeste registrou 20 mortes desde janeiro. Em Cascavel, na mesma região, a Secretaria de Saúde confirma cinco óbitos. Mais de 70% das mortes está concentrada na faixa etária acima dos 50 anos. As três mortes confirmadas nas duas últimas semanas foram de pacientes nessas condições. Ao todo já foram registradas 623 ocorrências de gripe neste ano. Os sintomas da doença são febre acima de 38 graus, com início repentino; tosse persistente; inflamação na garganta; cansaço; calafrios; dores musculares intensas e, principalmente, dificuldade para respirar.

A partir do início desses sinais, o quadro pode evoluir rapidamente para pneumonia ou outras infecções. Entre as medidas de prevenção estão lavar bem as mãos frequentemente com água e sabão; evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies; não compartilhar objetos de uso pessoal; cobrir a boca e o nariz com o antebraço ou lenço descartável ao tossir ou espirrar; além de manter os ambientes arejados, com portas e janelas abertas.

Deixe uma resposta