Paraná Extra

Dez mortes em 269 acidentes nas estradas federais no feriado

Balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal hoje (2)da Operação Dia do Trabalho, realizada entre sexta-feira (27) e terça-feira (1º) nas rodovias federais no Paraná, aponta que ocorreram dez mortes. Segundo a PRF, em relação à última operação, na Semana Santa, houve queda de mais de 30% em todos os índices de acidentes. No caso de acidentes com mortos, a queda foi de 56%.

As colisões frontais e os atropelamentos foram as principais causas de acidentes com mortes. Seis pessoas morreram no estado em três colisões frontais e outras morreram atropeladas. Uma pessoa morreu em uma colisão transversal.

No balanço foi registrado um total de 269 acidentes, sendo 168 sem vítimas e 94 com feridos. Sete ocorrências resultaram em mortes e 140 pessoas ficaram feridas.

Segundo a PRF, foram fiscalizados – 9.725 no estado, com 3.480 autuações. Além disso, foram feitos 2.067 para detectar motoristas embriagados, com 73 autuações; 27 motoristas foram presos por embriaguez ao volante.

Neste feriado do Dia do Trabalho, foi registrada uma média de 53 acidentes por dia nas rodovias federais que cortam o estado. O acidente com o maior número de mortes foi registrado no sábado (28): três pessoas morreram no km 548,3 da BR 277, na altura de Catanduvas, quando um Audi bateu em um caminhão, por volta das 19h40. O morotista, de 36 anos, uma mulher de 23 e um homem de 27 morreram. No feriado da Semana Santa a média foi de 83 acidentes por dia.

Deixe uma resposta