Paraná Extra

Diesel fica mais barato, mas transporte pA?blico nA?o reduzirA? a tarifa

Mesmo com a reduA�A?o de cerca de 50 centavos por litro de diesel no ParanA?, apA?s a greve dos caminhoneiros, o valor da passagem paga pelos usuA?rios do transporte pA?blico de Curitiba nA?o deve diminuir. Caso as reduA�A�es do imposto federal, de 46 centavos, e do imposto estadual, de 5 centavos, fossem aplicadas, o valor da tarifa poderia baixar cerca de 10 centavos. Hoje o usuA?rio paga R$ 4,25 na tarifa comum em Curitiba.

O presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, afirma que a reduA�A?o do preA�o do diesel vai ajudar a prefeitura a manter o a�?equilA�brioa�? entre o preA�o cobrado do usuA?rio e o valor repassado A�s empresas do transporte pA?blico.

A reduA�A?o do imposto federal, no entanto, nA?o estava prevista. Mesmo assim, o presidente da Urbs afirma que a medida vai ajudar na construA�A?o dos novos valores das passagens previstos para 2018.

Embora a reduA�A?o nA?o vA? ser aplicada a passagem, quando houve aumento do imposto federal, o valor foi aplicado. Em julho de 2017, o governo federal aumentou em 86% a alA�quota de PIS/Cofins sobre o A?leo diesel. Esse reajuste levou a Prefeitura de Curitiba a aumentar em trA?s centavos a tarifa tA�cnica do transporte coletivo, que A� o valor pago pelo municA�pio aos empresA?rios que operam o sistema de A?nibus.

Na semana passada, vereadores de Curitiba pediram que a prefeitura baixe o valor da passagem de A?nibus. A sugestA?o partiu do vereador Bruno Pessuti, do PSD. Nas contas dele, a reduA�A?o poderia chegar a trA?s centavos na tarifa tA�cnica. O valor parece pequeno, mas de acordo com o vereador, cada centavo reduzido equivale a uma economia de cerca de 1 milhA?o de reais por mA?s em todo o sistema.

(Bandnews)

Deixe uma resposta