Paraná Extra

Diretor de “Avatar” é processado por plágio

James Cameron foi acusado por Eric Ryder de plágio e está sendo processado, segundo informações do site TMZ. A confirmação teria vindo de um dos funcionários da produtora do longa “Avatar”.

 

O processo está em início na corte de Los Angeles, onde Ryder acusa o diretor de plágio, e afirma que idealiza desde 1997 um “épico em 3D cujo tema é o meio-ambiente, sobre uma corporação que coloniza o cenário natural impressionante de uma lua distante”.

 

Este épico filme descrito por Ryder teria o nome de “KRZ 2068″ e um enredo semelhante ao de Cameron: seres com “uma aparência robótica auto-suficiente operados por um humano”.

 

O diretor de “Avatar” teria tido acesso a ideia em 1999, quando o projeto foi levado à produtora de Cameron, onde diversas reuniões teriam sido realizadas para discutir e aperfeiçoar o projeto.

 

Porém, em 2002, a proposta do filme foi oficialmente descartada sob a justificativa de que “ninguém assistiria um filme de ficção científica sobre meio-ambiente”. A produtora justifica dizendo que Cameron criou o longa “Avatar” antes de 1999.

 

Deixe uma resposta