Paraná Extra

Eleitores de Bolsononaro agridem homem com bonA� do MST na Federal

Um homem foi agredido em frente A� Biblioteca Central da Universidade Federal do ParanA?, nesta terA�a-feira (9), por grupos que gritavam palavras de A?dio best site buy viagra online, best site buy viagra online, best site buy viagra online, best site buy viagra online, best site buy viagra online, best site buy viagra online. e exaltavam o candidato A� PresidA?ncia da RepA?blica pelo PSL Jair Bolsonaro. A vA�tima estava na rua General Carneiro e usava um bonA� do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) quando foi atingido.

No momento do ataque, algumas pessoas usavam camisetas d torcida organizada viagra_generique_belgique. ImpA�rio Alviverde, do Coritiba. O estudante Kaique Romaiollo disse que estava em um bar, em frente ao local, quando notou o inA�cio de uma briga. Vidros foram quebrados na Biblioteca Central e na Casa da Estudante UniversitA?ria. A testemunha presenciou os agressores usando garrafas para atingir a vA�tima e ouviu a exaltaA�A?o ao presidenciA?vel.

O homem precisou ser encaminhado para o hospital depois de ter a cabeA�a cortada pelo vidro. A confusA?o foi controlada pela PolA�cia Militar e nA?o hA? informaA�A�es se os dutasteride vs finasteride. agressores foram identificados. O estudante nA?o tem dA?vidas de que o tumulto teve motivaA�A�es polA�ticas.

A Universidade emitiu uma nota de repA?dio A� ocorrA?ncia. Segundo a UFPR, a�?um membro da comunidade foi vA�tima de agressA?o fA�sica, aparentemente por seu posicionamento polA�ticoa��. A nota informa que ele foi encaminhado para atendimento mA�dico e nA?o corre risco de morte.

A PrA?-reitoria de AdministraA�A?o e a SuperintendA?ncia de Infraestrutura da UFPR foram acionadas e vA?o tomar providA?ncias para garantir a seguranA�a no local. Ainda segundo a nota, a Universidade a�?repudia veementemente todo e qualquer ato de violA?ncia, de preconceito ou de discriminaA�A?o e entende que os espaA�os universitA?rios sA?o ambientes de debate e do exercA�cio de liberdade de opiniA?oa��. Boletins de ocorrA?ncia tambA�m foram registrados.

(Bandnews)

Deixe uma resposta