Paraná Extra

Estado jA? registra duas mortes por dengue neste ano

A Secretaria de Estado da SaA?de confirmou duas mortes por dengue no ParanA?. As informaAi??Ai??es constam no boletim epidemiolA?gico divulgado nesta terAi??a-feira (19). Os online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil, online elevil. dois A?bitos aconteceram entre 3 e 7 de marAi??o, em Londrina (17A? Regional de SaA?de), A?rea considerada de alta infestaAi??A?o, e estavam sob investigaAi??A?o.

SA?o dois homens. Um de 89 anos, sem comorbidades (problemas de saA?de) registradas, e outro de 60 anos, com hipertensA?o arterial. Os dois casos sA?o autA?ctones, ou seja, as pessoas foram contaminadas no prA?prio municAi??pio onde moravam.

De acordo com o boletim, a forma grave da doenAi??a aparece em Londrina (seis casos), Foz cialis by mail with prescription, cialis by mail with prescription, cialis by mail with prescription, cialis by mail with prescription, cialis by mail with prescription, cialis by mail with prescription. do IguaAi??u (trA?s casos) e SertanA?polis (um caso). Em Londrina, a incidA?ncia estA? mais concentrada na zona Sul da cidade, regiA?o muito populosa e que tem um alto Ai??ndice de infestaAi??A?o do mosquito. Um dos A?bitos Ai?? desta regiA?o e o outro da zona Oeste da cidade.

ai???A dengue Ai?? uma doenAi??a preocupante e precisamos da ajuda da populaAi??A?o para combatA?-la. A Secretaria de SaA?de, em parceria com os municAi??pios, vem agindo sistematicamente. A nossa preocupaAi??A?o Ai?? que os casos da doenAi??a estA?o mais graves e muitos focos do mosquito estA?o nas residA?ncias. Portanto, essa luta contra o Aedes aegypti Ai?? de todos nA?sai???, alerta o secretA?rio de SaA?de do ParanA?, Beto Preto.

InA?meras aAi??Ai??es acontecem no municAi??pio para controle, como tratamento e remoAi??A?o de criadouros, bloqueio de casos, processos educativos permanentes, mutirA?o de limpeza, limpeza de fundos de vale, trabalhos educativos em escolas e associaAi??A?o de moradores. As aAi??Ai??es envolvem municAi??pio, Regional de SaA?de, universidades e a populaAi??A?o.

A 17A? Regional de SaA?de tambAi??m atua com 12 unidades de UBV que fazem o fumacA?, pulverizaAi??A?o de inseticida que mata os mosquitos. JA? foram encerrados os sete ciclos necessA?rios e os tAi??cnicos analisam a necessidade de outros dois. A aplicaAi??A?o acontece sempre que hA? solicitaAi??A?o do municAi??pio ou indicaAi??A?o tAi??cnica.

O alerta Ai?? para que a populaAi??A?o adote os cuidados, evitando acA?mulo de A?gua parada, de lixo e entulhos nos quintais e que faAi??a a limpeza de terrenos e caixas dai??i??A?gua. ai???Qualquer recipiente com A?gua parada pode se transformar num criadouro. O fumacA? mata o mosquito que estA? voando, mas nA?o os ovosai???, explica Ivana Belmonte, mAi??dica veterinA?ria da VigilA?ncia Ambiental da Secretaria de Estado de SaA?de.

NA?meros
O boletim divulgado nesta terAi??a-feira (19) confirma 226 novos casos autA?ctones de dengue no ParanA?. Na semana passada, a incidA?ncia no Estado era de 8,03 casos autA?ctones por 100 mil habitantes e nesta semana sA?o 10,5 para cada 100 mil habitantes.

No total, eram 896 casos de acordo com o boletim da semana passada e hoje sA?o 1.122 casos, todos contraAi??dos nos prA?prios municAi??pios de residA?ncia. Se forem acrescentados os casos importados, de pessoas que foram contaminadas fora do municAi??pio de origem, sA?o 1.197 casos de dengue no ParanA?.

O nA?mero de municAi??pios com casos confirmados da doenAi??a subiu de 108 para 116. Na semana passada o boletim apontava 290 cidades com notificaAi??Ai??es. Nesta semana sA?o 299.

LupionA?polis, UraAi??, ItambAi?? e Santa Mariana sA?o considerados municAi??pios em epidemia e Moreira Sales, Rancho Alegre, Santo AntA?nio do ParaAi??so, AbatiA?, Capanema e Nova Londrina estA?o em alerta.

Deixe uma resposta