Paraná Extra

Estado tem sexto pior índice de isolamento social do país

Apesar do número crescente de casos confirmados e mortes por coronavírus, o Paraná tem o sexto pior índice de isolamento social do Brasil. Nos últimos dias, apenas 36,8% dos paranaenses puderam ficar em casa. Ontem (24), esse índice ficou em 39%. Os dados são da empresa de tecnologia InLoco, que utiliza dados de localização de uma base de 60 milhões de dispositivos móveis em todo o Brasil.

De acordo com o Mapa de Isolamento Social desenvolvido pela empresa, o índice vem caindo semana após semana desde o final de março. No dia 22 daquele mês, o Paraná atingiu o ápice da restrição de locomoção. Mais da metade dos cidadãos permaneciam em casa nos dias úteis, e aos finais de semana o índice chegava a 60%. Três meses depois, o índice já não é o mesmo. A última vez que o isolamento social passou da casa de 50% foi no dia 24 de maio.

De lá para cá, a pior marca foi registrada na sexta-feira da semana passada. Naquele dia (19/06), menos de 35% dos paranaenses ficaram em casa, de acordo com os dados da InLoco. Os dois decretos estaduais com medidas mais restritivas, que começaram a valer nesta segunda-feira (22), não apresentaram efeitos práticos no isolamento social. Os dados desta semana são equivalentes aos da semana passada. A variação entre os períodos foi inferior a 1%.

Deixe uma resposta