Paraná Extra

Ex-cartorários, suspeitos de fraudes, são alvos de operação

Ex-funcionários de um cartório em Santa Tereza do Oeste, na região oeste, suspeitos de cometerem fraudes que causaram prejuízos de mais de R$ 10 milhões a dezenas de vítimas, são alvos de operação policial. Ao todo, foram expedidos cinco mandados de prisão temporária e nove de busca e apreensão. As ordens estão sendo cumpridas em Cascavel, Santa Tereza do Oeste e Lindoeste.

Segundo a Polícia Civil, as fraudes envolvem falsificação de documento público, falsidade ideológica, procurações, escrituras e certidões de óbito. Com os documentos falsos, os suspeitos faziam transferências de veículos e imóveis, simulavam a morte de criminosos para extinguir a punibilidade em processos criminais e ainda cometiam lavagem de dinheiro. Os golpes eram praticados nas regiões de Cascavel, no oeste e Maringá, no norte do Paraná, além de outros estados, de acordo com as investigações.

Ainda conforme a polícia, os suspeitos ostentavam um padrão de vida não condizente com o trabalho que realizavam nos cartórios, com posse de veículos de alto padrão e moradia em um dos condomínios mais caros de Cascavel. Além disso, os investigados possuíam garagem de veículos para venda e uma casa de carnes nobres – que estariam sendo utilizados para lavar dinheiro. Mais informações devem ser divulgadas pela polícia ainda nesta manhã.

(Com Bandnews)

Deixe uma resposta