Paraná Extra

Ex-governador e esposa estão presos em salas separadas

Segundo a Secretaria Estadual da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Richa e a esposa Fernanda ocupam duas salas no Regimento Coronel Dulcídio, separados um do for man online. outro. A assessoria da Polícia Militar (PM) informou que, originalmente, as salas serviam de alojamento para oficiais e já abrigaram outros presos. Beto Richa ocupa um espaço de cerca de 30 metros quadrados; Fernanda, um de cerca de 25 metros quadrados. Ainda de acordo com a assessoria da PM, as duas salas contam com banheiros privativos, camas e armários e oferecem condições de receber os presos em segurança.

Detidos na manhã de ontem (11), o casal chegou a ser levado para o Complexo Médico Penal (CPM), estabelecimento prisional de regime fechado onde estão alguns dos presos da Operação Lava Jato. À noite, no entanto, o desembargador Laertes Ferreira Gomes, da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná determinou que o casal fosse transferido para o Regimento da Polícia Montada, para onde foram conduzidos por volta das 22 horas.

Operações
Richa e sua esposa foram detidos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), no âmbito da Operação Radiopatrulha, que apura irregularidades na seleção de empresas contratadas para cuidar da manutenção de estradas rurais. Deflagrada pelo Ministério Público do Paraná, a operação envolveu a execução de outros 13 mandados de prisão temporária e de 26 de busca e apreensão. Entre os detentos na operação estadual também está o irmão do ex-governador, Pepe Richa, ex-secretários de governo e empresários.

Deixe uma resposta