Paraná Extra

FAB confirma veracidade de A?udios vazados durante voo de Lula

A ForAi??a AAi??rea Brasileira (FAB) confirmou a veracidade de A?udios que circulam nas redes sociais envolvendo comunicaAi??Ai??es aeronA?uticas com referA?ncias ao ex-presidente Luiz InA?cio Lula da Silva.

A FAB, em nota divulgada no Twitter, esclarece que as duas gravaAi??Ai??es foram registradas na frequA?ncia da Torre Congonhas, em SA?o Paulo, e da Torre Bacacheri, em Curitiba, na noite de sA?bado (7), quando Lula era transportado para a SuperintendA?ncia da PolAi??cia Federal na capital paranaense.

Em uma das gravaAi??Ai??es divulgadas pela imprensa, uma voz masculina, que nA?o se identifica, afirma: “Leva e nA?o traz nunca mais” e ai???Manda esse lixo janela abaixoai???. Na sequA?ncia, uma voz feminina alerta que a frequA?ncia Ai?? gravada e pede que a pessoa se atenha Ai?? comunicaAi??A?o padrA?o utilizada em voos.

Ainda de acordo com o comunicado, os A?udios nA?o foram emitidos por controladores de voo. ai???Lamentavelmente, nas gravaAi??Ai??es em questA?o, as frequA?ncias foram utilizadas de modo inadequado por alguns usuA?rios que se valeram do anonimato para contrariar essas regrasai???, informa a FAB.

Confira, na Ai??ntegra, o comunicado divulgado pela FAB no Twitter:

ai???Os dois A?udios recentes envolvendo comunicaAi??Ai??es aeronA?uticas e contendo comentA?rios externos sA?o verdadeiros e ocorreram na frequA?ncia da Torre Congonhas, em SA?o Paulo (SP), e na da Torre Bacacheri, em Curitiba (PR), ambos na noite de sA?bado (07/04).

Podemos afirmar que as referA?ncias ao ex-presidente nA?o foram emitidas por controladores de voo.

As frequA?ncias utilizadas para essas comunicaAi??Ai??es aeronA?uticas sA?o abertas. O objetivo Ai?? que todos na sua escuta tenham conhecimento do que estA? ocorrendo no trA?fego aAi??reo, condiAi??A?o importante para manutenAi??A?o da seguranAi??a operacional.

Quem estiver conectado pode ouvir e falar, seguindo as regras do trA?fego aAi??reo, devendo utilizar a fraseologia padrA?o e se identificar. Lamentavelmente, nas gravaAi??Ai??es em questA?o, as frequA?ncias foram utilizadas de modo inadequado por alguns usuA?rios que se valeram do anonimato para contrariar essas regras.ai???

(AgA?ncia Brasil)

Deixe uma resposta