Paraná Extra

Falta do uso de cinto A� a principal causa de multas na Capital

A cada dez autuaA�A�es de trA?nsito feitas pelos guardas municipais em Curitiba, duas se referem A� falta do uso do cinto de seguranA�a pelo motorista ou pelos passageiros. Dados da Secretaria da Defesa Social e TrA?nsito mostram que, desde 23 fevereiro, quando a Guarda Municipal comeA�ou a atuar no trA?nsito, 21% das autuaA�A�es registradas se referem a esta infraA�A?o, prevista no artigo 167 do CA?digo de TrA?nsito Brasileiro (CTB).

Foram 3.883 multas aplicadas pelos guardas por falta do cinto seguranA�a, de um total de 18.486. a�?O cA?digo de trA?nsito estA? em vigor hA? 20 anos e ainda hoje hA? muita gente que dispensa o uso do cinto de seguranA�a e, por isso, A� multada e perde pontos na carteira. Esta A� uma questA?o de consciA?ncia e de cuidado com a prA?pria vidaa�?, destaca o secretA?rio municipal da Defesa Social e TrA?nsito, Guilherme Rangel.

A infraA�A?o A� considerada grave pelo CTB, com perda de cinco pontos na Carteira Nacional de HabilitaA�A?o (CNH) e multa de R$ 195,23.

Outras infraA�A�es

A segunda infraA�A?o mais detectada pelos guardas municipais A� a desobediA?ncia A�s regras de estacionamento: 13,5% das multas sA?o para motoristas que estacionam o veA�culo no passeio ou, ainda, sobre faixa de pedestres, ciclovia ou ciclofaixa.

Na sequA?ncia, aparecem duas infraA�A�es similares: 9% foram casos em que o veA�culo foi estacionado em locais e horA?rios proibidos (indicados pela placa de a�?Proibido estacionara�?) e 6,25% por estacionarem em desacordo com as condiA�A�es regulamentadas.

a�?A� importante lembrar que contamos com o serviA�o de guincho na cidade e que o veA�culo pode ser removido, caso esteja estacionado irregularmentea�?, ressalta Rangel.

JA? o manuseio do aparelho celular, para uma chamada telefA?nica, para digitar ou para uso de aplicativos foi a infraA�A?o registrada em 6,25% do total. a�?Comprovadamente, o celular tira o foco e a concentraA�A?o do motoristaa�?, alerta o secretA?rio.

Deixe uma resposta