Paraná Extra

Fechada uma fábrica de diplomas falsos em Pinhais

Policiais da delegacia de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, prenderam, nesta quarta-feira (30), um casal suspeito de falsificar diplomas. Eloine de Souza, 39 anos, e Luiz Camargo Pinheiro, 38, foram presos na rua Rio Paranapanema, 1.363, Jardim Weissópolis, em Pinhais. No local, foram encontrados vários diplomas falsificados e munições calibre 7.62.

 

Segundo a polícia, foram aprendidos vários diplomas falsificados de ensino médio, superior e até de mestrados das universidades Federal do Paraná e do Rio de Janeiro. Com relação a graduações, há diplomas referentes a faculdades do Brasil inteiro.

 

No interior da residência, foram encontrados vários carimbos de diretores das instituições de ensino, um computador, e um pen drive, todos contendo as matrizes dos documentos a serem falsificados. Por causa das munições de 7.62, Luiz também foi autuado por porte ilegal de munição.

 

De acordo com o delegado Fabio Amaro, foram localizados documentos de possíveis compradores dos diplomas falsos e todos os envolvidos na fraude serão indiciados. “Eloine confessou em seu depoimento que cobrava R$ 200 para elaborar cada diploma”, afirmou.

 

O casal foi encaminhado ao Setor de Carceragem Temporária da Delegacia de Pinhais, onde permanece à disposição da Justiça.

 

Deixe uma resposta