Paraná Extra

Feriados em 2020 vão impulsionar turismo em Foz do Iguaçu

 

. A cidade espera quebrar mais um recorde de visitação com os nove feriados nacionais prolongados – o dobro de 2019 – mais os feriados estaduais e municipais, além da alta temporada das férias de junho e julho, dezembro, janeiro e fevereiro.

A expectativa é ultrapassar os mais de dois milhões de visitantes esperados até o final de 2019. Há outros condicionantes que podem impulsionar ainda mais o número de visitas: o aumento da cota de compras terrestres, a partir do dia 1° de janeiro, para US$ 500,00 (R$ 2.100,00) que atendem o turismo de compras no Paraguai e Argentina. E a isenção de visto de visto para turistas dos EUA, Canadá, Austrália, Japão e China.

“A experiência mostra que Foz do Iguaçu se tornou um dos principais destinos turísticos nos feriadões. O trade turístico já se prepara com infraestrutura, equipes, produtos e programações diferenciadas para atender a esse grande número de visitantes. É um cenário que inspira e anima todo o setor, mas, sobretudo, sinaliza fomento da economia iguaçuense”, disse Enio Eidt, presidente do Fundo Iguaçu.

A cidade se preparou mesmo. A rede hoteleira aumentará a oferta de leitos de 30.847 leitos em 2017 para 38 mil nos próximos cinco anos. Empreendimentos já anunciaram a construção de novos hotéis e também a expansão de existentes. Somente quatro novos empreendimentos somam 2.892 leitos e outros dois grandes hotéis devem abrir mais dois mil leitos nos próximos anos. Os investimentos privados passam dos R$ 500 milhões.

“Foz do Iguaçu vive um momento impar. Estamos entregando obras importantes como o viaduto na BR-277 e temos ainda para executar a ampliação da pista do aeroporto, a segunda ponte e a perimetral leste. São obras estruturantes que vão receber com melhor qualidade os turistas e os visitantes”, afirma o prefeito Chico Brasileiro (PSD).

 

Feriadão

 

Por 2020 ser um ano bissexto (366 dias), as folgas vão ocorrer nas segundas ou nas terças-feiras. São os casos dos feriados de Tiradentes (21 de abril), Independência (7 de setembro), Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro) e Finados (2 de novembro).

O primeiro feriado prolongado de 2020 será o de Carnaval no dia 25 de fevereiro (uma terça-feira) e a lista conta ainda com o Corpus Cristhi, em 11 de junho (10 de junho é aniversário da cidade). Já o primeiro feriado do ano, 1º de janeiro, cai na quarta-feira. “A hotelaria e a gastronomia também estão preparadas para receber o grande número de famílias. Temos condições para atender turistas de todas as idades, origens e vontades”, disse Carlos Silva, presidente do Comtur (Conselho Municipal de Turismo).

“O êxito será ainda maior com a entrada em vigor, a partir de 1º de janeiro, da medida que eleva a cota de compras para US$ 500, o que tornará a cidade ainda mais atraente e procurada por turistas. É preciso destacar, também, que os hotéis atingirão 38 mil leitos de qualidade e excelente estrutura de turismo, eventos e lazer nos próximos anos”, completou

Outro ponto é destacado pelo presidente da Abav-PR, Felipe Gonzales. “O destino se tornou uma excelente opção para o turismo de feriados prolongados dada às características diversificadas nas ofertas e também pela grande afluência no período de visitantes regionais, que viajam com seu próprio veículo das cidades de até seis a dez horas de distância”.

Gilmar Piolla, secretário municipal de Turismo, Indústria e Comércio, diz que 2020 será um ano de ouro para Foz do Iguaçu. “Não só pelo número maior de feriados e a perspectiva de incremento do fluxo turístico. Mas pela melhoria da conectividade aérea, a captação de novos voos, e os investimentos que estão transformando a nossa infraestrutura, para que a cidade possa receber mais e melhor os seus visitantes. Será um ano inesquecível”.

Deixe uma resposta