Paraná Extra

Feriados prolongados registram mais de 100 mil embarques na Linha Turismo

O ano de 2017 foi farto de feriados prolongados, nove ao todo. Muitas datas caíram na quinta e sexta-feira, o que prolongou os dias de folga. Em Curitiba, as datas foram ótimas para o setor de turismo, que registrou mais pessoas circulando pela cidade. Um dos exemplos foi a Linha Turismo, com 108.879 embarques somente nos feriados prolongados de 2017.

Curitiba teve grande fluxo de turistas durante as datas, com 5.950 atendimentos nos Postos de Informação aos Turistas e 23.486 visitas à Torre Panorâmica. O site do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba teve 34.462 acessos nos períodos.

Os dados não levam em conta os feriados de fim de ano (Natal e Ano Novo), explica a presidente do Instituto, Tatiana Turra, uma vez que estão em um contexto diferenciado de visitação. “No fim do ano temos um fluxo típico de alta temporada, com férias escolares e no trabalho, quando se fazem viagens mais longas e com estadia maior”, ressalta.

O feriado de Carnaval foi o melhor em termos de atendimento nos postos de informação, com 1.084 atendimentos, e para Linha Turismo, que teve 19.949 embarques. “Curitiba teve um Carnaval bastante movimentado graças a programação cultural variada e que atende diversos gostos”, analisou Tatiana.

Já no caso da Torre Panorâmica e de procura ao site do Instituto Municipal de Turismo, o feriado mais movimentado foi o da semana da Pátria (Sete de Setembro), com 3.534 visitas e 5.314 acessos.

Em 2018 haverá, novamente, oito feriados prolongados:

Carnaval – Terça-feira (13/2)

Sexta-feira da Paixão/Páscoa – Sexta-feira (30/3) – Domingo (1/4)

Dia do Trabalhador – Terça-feira (1/5)

Corpus Christi – Quinta-feira (31/5)

Dia da Independência do Brasil – Sexta-feira (7/9)

Nossa Senhora Aparecida – Sexta-feira (12/10)

Finados – Sexta-feira (2/11)

Proclamação da República – Quinta-feira (15/11)

Visitantes

Durante os feriados prolongados de 2017, os estados mais próximos foram responsáveis por 41% das visitas na Torre Panorâmica. Os paulistas representaram 26,5% das visitas e os catarinenses, 25,4%. Os visitantes do interior do Paraná foram o quarto grupo mais representativo, com 7,1% do total.

Deixe uma resposta