Paraná Extra

Festival de Inverno tem programaA�A?o atA� este domingo no Centro HistA?rico

AtA� este domingoA�(29), o Festival de Inverno do Centro HistA?rico de Curitiba vai movimentar a charmosa regiA?o da capital. A programaA�A?o estA? reunindo, em vA?rios espaA�os, 55 apresentaA�A�es de mA?sica, teatro e cinema, alA�m de exposiA�A�es de arte. O festival integra o Inverno em Curitiba a�� AqueA�a sua ProgramaA�A?o, calendA?rio de atraA�A�es da cidade que vA?o atA� setembro.

O Centro HistA?rico da capital, no entanto, merece ser visitado o ano todo por turistas e moradores da capital. a�?DemocrA?tica, a regiA?o reA?ne praA�as, largos, museus, galerias de arte, espaA�os culturais, igrejas e casarA�es muito bem preservados, alA�m de bares e diversas opA�A�es gastronA?micasa�?, ressalta a presidente do Instituto Municipal de Turismo (IMT), Tatiana Turra.

AlA�m disso, os jovens antenados tA?m seus redutos nas ruas SA?o Francisco e Trajano Reis, esta A?ltima revitalizada pela Prefeitura no ano passado. Com clima meio Brooklyn, meio Berlim, essas ruas tA?m um cenA?rio inspirador, com grafites adornando os bonitos prA�dios histA?ricos.

LanA�ado este ano pela Prefeitura, o tour gratuito Caminhada TurA�stica tambA�m A� uma viagem pelo Centro HistA?rico de Curitiba.
Confira a seguir, cinco programas – muitos deles gratuitos -A�para aproveitar todo o charme do Centro HistA?rico de Curitiba:

Pluralidade religiosa

No setor histA?rico da cidade, hA? templos de diferentes religiA�es, que podem ser visitados em uma caminhada tranquila. ConstruA�da em 1737, a Igreja da Ordem A� a mais antiga da capital e empresta seu nome a toda a regiA?o (Largo da Ordem). Depois de apreciar a bela construA�A?o de linhas simples, A� possA�vel visitar a Igreja Presbiteriana Independente (Rua do RosA?rio, 218), a Igreja do RosA?rio (PraA�a Garibaldi), a Catedral BasA�lica Menor (PraA�a Tiradentes), Igreja Luterana (Rua Trajano Reis, 199), a Mesquita Imam Ali Ibn Abi Talib (Rua Kellers, 383), Igreja SA?o Vicente de Paulo (Rua Jaime Reis, 531) e o Templo Hare Krishna (Rua Duque de Caxias, 76).

Todos os espaA�os religiosos tA?m entrada gratuita e visitas guiadas em alguns templos precisam ser agendadas (saiba mais no link).
Reduto hipster

Os bares e casas noturnas nas duas ruas caA�ram nas graA�as dos hipsters, jovens antenados em cultura, cervejas artesanais e bicicletas. Na Trajano Reis, o vai-e-vem ocorre entre espaA�os como Senhor Garibaldi, SirA?ne, Bar Barateza, AlA? Esquenta, Vila Bambu, Vitto e Brooklyn Coffee Shop. Na SA?o Francisco, eles batem carteirinha no Jokers, 14 Bis Beer, Verdant e Bar do Fogo.

A a�?Sanfraa�?, como muitos millenials (jovens nascidos entre os anos 1980 e 2000) a chamam, tambA�m reA?ne locais mais tradicionais como o clA?ssico Bar do AlemA?o e o restaurante Nonna Giovanna. De uma ponta a outra da SA?o Francisco, marcos da paisagem urbana que mostram as vA?rias faces de Curitiba: o RelA?gio das Flores, a Fonte da MemA?ria (a escultura de cavalo), a PraA�a de Bolso do Ciclista e as RuA�nas que levam o nome da via.

 
Feirinha deA�domingo

Em Paris, A� dia de Mercado de Clignancourt. Em Londres, de Portobello Road. Em Curitiba, o programa obrigatA?rio nas manhA?s deA�domingoA�A� a tradicional Feira do Largo da Ordem. Verdadeira instituiA�A?o da capital e programa obrigatA?rio para turistas, o espaA�o da Prefeitura reA?ne o impressionante nA?mero de 1,3 mil expositores.

SA?o barraquinhas repletas de peA�as de artesanato em madeira, tecido, metais, cerA?mica e muitos outros materiais, alA�m de pinturas e antiguidades. MA?sica e teatro de rua tambA�m garantem o magnetismo da a�?feirinhaa�?, como A� carinhosamente chamada, bem como opA�A�es gastronA?micas. O local funciona das 9h A�s 14h.

Nas quintas-feiras, das 16h A�s 22h, a regiA?o recebe a charmosa Feira GastronA?mica do SA?o Francisco (prA?ximo ao RelA?gio das Flores).

 
Tour gratuito por toda regiA?o

O belo Palacete Wolf, sede do Instituto Municipal de Turismo (IMT), A� o ponto de partida do tour gratuito a�?Caminhada TurA�sticaa�?. Durante o passeio, o participante conhece mais sobre a histA?ria de cartA�es-postais do Centro HistA?rico de Curitiba, como o PalA?cio Garibaldi, o RelA?gio das Flores, o Solar do RosA?rio, o Memorial de Curitiba, vA?rias igrejas (da Ordem e do RosA?rio, por exemplo), o gigantesco painel renovado de Poty Lazzarotto na Travessa Nestor de Castro, a Catedral, a PraA�a Tiradentes, o PaA�o Municipal e os imponentes prA�dios da UFPR e do Teatro GuaA�ra.

Pesquisador artA�stico e cultural do IMT, Alexander Silva A� o responsA?vel pelo roteiro e o tour deve ser agendado pelos telefonesA�(41) 3250-7730A�e 3250-7794. O passeio, para atA� 30 pessoas, ocorre A�s sextas, das 14h A�s 16h, e as segundas, das 9h A�s 11h. O Palacete Wolf, ponto de saA�da dos tours, fica na PraA�a Garibaldi, 7, no SA?o Francisco.

 
Cultura:A�quadra a quadra

Casa RomA?rio Martins, Memorial de Curitiba, Solar do RosA?rio, Solar do BarA?o (Museu da Gravura e Gibiteca), Museu Paranaense e Capela Santa Maria. Estes sA?o apenas alguns exemplos dos espaA�os culturais que se espalham – quadra a quadra – pelo Centro HistA?rico de Curitiba. AtA�A�30 de setembro, um dos programas imperdA�veis A� a exposiA�A?o a�?Tomie Ohtake em Curitiba a�� Vultos, Fissuras e Clareirasa�?, no Memorial de Curitiba. A mostra gratuita reA?ne 29 trabalhos da artista falecida em 2015, entre pinturas, gravuras (em serigrafia, litografia e metal) e esculturas tubulares de curvas reversas (finas partes de metal, que parecem pairar sobre o ambiente), verdadeira marca registrada de Tomie Ohtake.

Deixe uma resposta