Paraná Extra

Filme que reúne atores de três países começa a ser rodado em Curitiba

Começou no último dia 15 de julho o período de filmagens do longa-metragem ‘Águas Selvagens’ uma coprodução entre o Brasil e a Argentina, com elenco formado por atores brasileiros, argentinos e uruguaios. Nas primeiras semanas, as filmagens concentram-se em Curitiba e cidades próximas da capital paranaense, como Tijucas do Sul, estendedo-se semanas depois até Foz do Iguaçu e à capital portenha, Buenos Aires.
Do lado brasileiro, a produção é Rubens Gennaro e Virginia Moraes, da Laz Audiovisual, empresa de Curitiba que produziu filmes como ‘Oriundi’ (de 2000, estrelado por Anthony Quinn), ‘Cafundó’ (2005) e ‘Anita e Garibaldi’ (2013). Pela Argentina, a produção é da Cooperativa Romana Audiovisual, de Buenos Aires. No histórico de filmes coproduzidos entre Brasil e Argentina, ‘Águas Selvagens’ é o primeiro que conta com uma produtora do Paraná.
A direção é do argentino Roly Santos, experiente nome da atual geração de cineastas do país, que dirigiu filmes de ficção, documentários e séries como ‘Hola India’ (2014), ‘Manos Unidas’ (2012) e ‘Crisol’ (2011), além do inédito ‘Dedalo’. A história de ‘Águas Selvagens’ é uma trama policial adaptada do romance ‘El Muertito’, do autor, roteirista e diretor argentino Oscar Tabernise, que também assina o roteiro.
Falado em espanhol, o filme reune atores brasileiros, argentinos e uruguaios, com rostos conhecidos na TV e no cinema. O protagonista é vivido por Roberto Birindelli, uruguaio radicado no Brasil. No núcleo central da trama também estão as atrizes brasileiras Mayana Neiva e Leona Cavalli. Entre os demais atores estão os argentinos Juan Manuel Tellategui, Mario Paz, Daniel Valenzuela e Mausi Martinez; o uruguaio Nestor Nuñez; os brasileiros Allana Lopes, Luiz Guilherme, Hélio Cícero e Giuly Biancato, entre outros.
Na história do filme, Lucio Gualtieri (Roberto Birindelli) é um ex-policial investigador que enfrenta problemas em sua vida pessoal e aceita um trabalho mediano para solucionar um crime qualquer cometido na tríplice fronteira, zona de águas selvagens. Porém, ao chegar, vê-se envolvido em uma trama macabra de assassinatos, prostituição e tráfico de menores. Ao saber da verdade sobre uma organização criminosa, ele passa a ser perseguido. A chave para escapar dessa máfia é o túmulo de ‘El Muertito’, tido como uma espécie de santo local.
As filmagens têm duração de um mês, estendendo-se até 15 de agosto. A previsão de lançamento comercial é para 2020.
‘Águas Selvagens’ é financiado no Brasil com recursos do FSA – Fundo Setorial do Audiovisual (que tem o BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul como agente financeiro junto à ANCINE – Agencia Nacional do Cinema) e na Argentina, pela produtora e INCAA – Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales. O filme tem apoio da Renault, Gol, Sanepar, Hotel La Dolce Vita e Serra Verde Express. Terá distribuição no Brasil pela Imagem Filmes, e também será distribuído na Argentina e em diversos outros países.
Elenco principal

ROBERTO BIRINDELLI (personagem LUCIO GUALTIERI – EL TANO)

Ator uruguaio radicado no Brasil. Entre seus trabalhos mais conhecidos no cinema, interpretou o doleiro Alberto Youssef no longa-metragem ‘Polícia Federal – A Lei é Para Todos’. Na TV, atuou em novelas e séries na Rede Globo (Passione, Insensato Coração, Império, A Teia) e Record (Apocalipse)
MAYANA NEIVA (personagem RITA AZUCENA DE BENITEZ)

Atriz brasileira, nascida na Paraíba, onde foi Miss por seu estado. Tem se destacado em novelas na Rede Globo, como ‘Ti Ti Ti’, ‘Amor Eterno Amor’ e ‘O Outro Lado do Paraíso’. No cinema, foi vista em filmes como como ‘Os Normais 2’ e na produção curitibana ‘Para Minha Amada Morta’ (prêmio de melhor atriz no Festival Guarnicê de cinema 2016).
ALLANA LOPES (personagem BLANCA)

Jovem atriz brasileira natural de Brasília, que tem ganhado diversos papeis em séries e filmes. Além de ‘Águas Selvagens’, ela vai atuar no longa-metragem ‘O Cemitério das Almas Pedidas’, uma produção do Espírito Santo.
LEONA CAVALLI (personagem DEBORA SHUSTER)

Atriz brasileira bastante conhecida por seus trabalhos em cinema e TV. Entre seus filmes mais conhecidos estão: ‘Amarelo Manga’, ‘Carandiru’, ‘Olga’, ‘Cafundó’, entre outros. Na TV, atuou em novelas da Rede Globo (‘Belíssima’, ‘Totalmente Demais’), e Record (‘Apocalipse’), além de ter diversas aparições em episódios de seriados (como ‘A Grande Família’, ‘As Brasileiras’, ‘Os Nomais’).
LUIZ GUILHERME (personagem DALMÁCIO QUIROGA)

Ator brasileiro com um extenso currículo. Sua primeira aparição foi em um episódio da clássica série ‘Vigilante Rodoviário’, em 1961, na TV Tupi. Atuou no filme ‘O Beijo da Mulher Aranha’ (1985), do renomado diretor argentino naturalizado brasileiro Hector Babenco. Na TV, esteve em novelas de diversas emissoras, como Globo, Record, SBT e canais de TV a cabo.
HÉLIO CÍCERO (personagem ADILSON BARBOSA)

Ator e dramaturgo brasileiro que fundou a Cia Teatral Arnesto Nos Convidou, juntamente com Maucir Campanholi e Samir Yazbek. No cinema atuou nos filmes como ‘Expresso para Anhaangaba’ (em que foi protagonista), ‘Tapete Vermelho’, ‘Boleiros 2’, ‘Anita e Garibaldi’ e ‘Doce de Coco’. É professor de interpretação em cursos universitários e escolas de teatro.
JUAN MANUEL TELLATEGUI (personagem FÁBIAN)

Ator argentino radicado no Brasil. Iniciou carreira em Buenos Aires. Começou a ser visto no Brasil a partir de 2012, principalmente em peças de teatro, atuando também em cinema, TV e videoclipes.
NESTOR NUÑEZ (personagem EL CHAPA)

Ator uruguaio radicado no Brasil, onde naturalizou-se. Atualmente reside nas cidades de Curitiba (PR) e Rio de Janeiro (RJ). Desde cedo foi amante do cinema, mas iniciou sua carreira de ator somente em 2013, atuando em inúmeros trabalhos entre séries, curtas e longas.
GIULY BIANCATTO (personagem NEREIDA)

Atriz brasileira. No cinema, atuou nos filmes curitibanos ‘Gol a Gol’ e ‘Para Minha Amada Morta’ (Ganhadora do prêmio de melhor atriz coadjuvante no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, em 2015), além do curta ‘Tarântula’.
MARIO PAZ (personagem DR. DIEGUEZ)

Ator argentino radicado no Brasil. Atuou em novelas como ‘Viver a Vida’, ‘Ligações Perigosas’, entre outras. No cinema, esteve no sucesso de bilheteria ‘Se Eu Fosse Você’, e ‘O Duelo’ (uma adaptação do romance ‘O Capitão de Longo Curso’, de Jorge Amado)
DANIEL VALENZUELA (personagem FABRO)

Ator argentino, que atuou em alguns dos mais conhecidos filmes do cinema portenho recente, como ‘O Pântano’, ‘Do Outro Lado da Lei’, ‘Plata Queimada’, ‘Mundo Grúa’, ‘Crônica de uma Fuga’, entre outros.
MAUSI MARTINEZ (personagem JUANA)

Atriz e cineasta argentina, com extensa carreira em teatro e cinema, com cerca de 30 filmes e 8 espetáculos teatrais. Seu filme mais recente foi ‘O Almoço’, de 2015. Teve uma aparição na produção hollywoodiana ‘Highlander 2: A Ressurreição’ (de 1991). Atuou no filme brasileiro ‘Do Começo ao Fim’.
ED CANEDO (personagem LEONARDO ALVES)

Ator brasileiro. Atuou em produções rodadas no Paraná, como ‘Estômago’ e ‘400 Contra 1: Uma História do Crime Organizado’.
ANASTÁCIA CUSTÓDIO (personagem MÃE DE BLANCA)

Atriz brasileira nascidas em Montes Claros (MG). Ela atua no espetáculo teatral ‘Trair e Coçar é só Começar’, em cartaz há mais de 30 anos. Há 17 anos, ela faz o papel da empregada Olímpia. Em sua carreira também atuou em diversas novelas e outras peças de teatro.

Deixe uma resposta