Paraná Extra

Fim do ensino público noturno é “fake”, garante o governo

Diante das informações incorretas que têm sido veiculadas em meios de comunicação diversos, a respeito das vagas para o Ensino Médio nos períodos diurno e noturno, e diante do prejuízo que a propagação de notícias falsas causa ao dever que tem o Poder Público de dar publicidade às suas ações e ao direito da população à verdade, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte esclarece que:

– O Ensino Médio noturno não será encerrado. O planejamento escolar prevê, para o ano letivo de 2020, 100 mil vagas para o período. Se houver necessidade de abertura de vagas para atender mais alunos, a Secretaria garante a oferta.

– Buscando democratizar o acesso ao Ensino Médio, a Secretaria ampliou a oferta de vagas para o período diurno, uma vez que em muitos municípios a única opção do estudante era cursar o noturno.

– Nas instituições de ensino em que há disponibilidade de espaço físico (salas de aulas ociosas) no período da manhã e/ou tarde, os alunos poderão optar pelo Ensino Médio diurno.

Enquanto instituição pública, a serviço da população e da educação, que acredita na responsabilidade para com a divulgação de informações que impactam diretamente a vida de milhares de estudantes e suas famílias, a Secretaria avalia os meios legais para combater as notícias inverídicas a esse respeito.

Deixe uma resposta