Paraná Extra

Fiscalização interditou 25% dos estabelecimentos fiscalizados no fim de semana

Em 25% dos locais fiscalizados pela Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) em Curitiba, foram encontradas irregularidades e os estabelecimentos foram interditados porque funcionavam em desacordo com o decreto municipal 940/2020 que determina medidas de prevenção ao novo coronavírus na cidade.
Desde a noite da última sexta-feira (31) até o domingo (2), a força tarefa formada por equipes da Prefeitura de Curitiba e do Governo do Estado fiscalizou 47 estabelecimentos em 34 bairros da capital paranaense.

Foram vistoriados estabelecimentos de diferentes ramos de atividade. Todos haviam sido denunciados pela população. Dos 47 locais fiscalizados, em 12 foram encontradas irregularidades.

Tiveram as atividades suspensas dez bares nos bairros Barreirinha, Bairro Alto, CIC, Cristo Rei, Hugo Lange, Portão, Seminário, Uberaba e Xaxim, além de uma pizzaria no Bacacheri e um karaokê bar no Parolin.

Três destes estabelecimentos – os bares do Bairro Alto, da Barreirinha e do Xaxim – receberam ainda notificação por comércio irregular, porque apresentaram inadequações nos alvarás.

Também foram expedidas notificações em três estabelecimentos por falta de adequação à resolução 01/2020. A notificação orientativa foi aplicada em uma lanchonete e cervejaria no bairro Vila Izabel, uma pizzaria no Portão e um restaurante no São Braz.

Denúncias sobre locais que desrespeitam as medidas de prevenção à Covid-19, podem ser feitas pelo telefone 156 da Prefeitura de Curitiba, pelo site www.central156.org.br ou pelo aplicativo Curitiba 156 disponível para os sistemas Android e IOS.

Deixe uma resposta