Paraná Extra

Flibi tem programação intensa até domingo na Biblioteca Pública

Dez eventos marcam a programação da Flibi, a Festa Literária da Biblioteca Pública do Paraná, nesta quarta-feira (23). A maratona cultural começa às 9h e continua durante todo o dia, com debates, performances, exibições de filmes e oficinas para adultos e crianças.

Um bate-papo com a escritora e pesquisadora Eliane Robert Moraes — especialista em literatura feminina e erótica — e uma sessão de curtas-metragens inspirados nos livros de Dalton Trevisan são alguns dos destaques da grade. Todas as atividades têm entrada gratuita, e a BPP emite certificado de participação. Veja a agenda completa no link https://drive.google.com/file/d/1BYxzYXD2534o3pgik-ipQv0ePbkRTOyM/view

Formada por crianças e adolescentes, a Trupe Periferia inicia uma série diária de leituras dramáticas, apresentadas na área externa da Biblioteca, sempre em dois horários: às 10h e 16h. Nesta quarta, Resistência Preta Nick e Serginho Smith declamam textos autorais, enquanto o ator Kenni Rogers interpreta contos de Dalton Trevisan.

Às 10h30, Constantino Viaro, fundador do Museu Guido Viaro, e o jornalista e escritor Luiz Claudio Oliveira participam da mesa Mistérios de Curitiba: o contista antes da estreia e do sucesso, com mediação de Katia Michelle.

Mais tarde, às 14h30, o professor da UFPR e colunista da Gazeta do Povo José Carlos Fernandes é o convidado do bate-papo Em Busca de Curitiba Perdida: qual é a cidade do escritor?, conduzido por Roberto Nicolato.

E às 16h40, os artistas gráficos Simon Taylor e Fabiano Vianna discutem o diálogo artístico entre Trevisan e Poty Lazzarotto em Ah, É?: Curitiba é um desenho do Poty? — Dary Jr. é o mediador. Os três encontros acontecem no hall térreo da BPP.

Na sala de cursos, às 14h, o escritor mineiro André Sant’Anna abre os trabalhos da oficina Conto Não Conto. Durante três tardes, ele aplica exercícios práticos e apresenta variações não convencionais do gênero conto, discutindo narrativas curtas de nomes como Nelson Rodrigues, Jorge Mautner, Sérgio Sant’Anna, Sebastião Nunes, Rafael Sperling e Isadora Krüger. As inscrições já estão encerradas.

Organizadora da Antologia da Poesia Erótica Brasileira e autora de livros como O Corpo Impossível e Lições de Sade, Eliane Robert Moraes conversa com o público no auditório, às 19h. Essas Malditas Mulheres: o feminino e o erotismo na ficção de Dalton Trevisan é o tema do encontro, mediado pela escritora, tradutora e professora da UFPR Luci Collin.

CINEMA – Parceiro da Biblioteca na Flibi 2019, o Museu da Imagem e do Som exibe, a partir das 19h, três curtas-metragens inspirados na obra de Trevisan, todos dirigidos por Estevan Silveira: Lulu, a Louca, O Escapulário e Que Fim Levou o Vampiro de Curitiba?. Após a sessão, o cineasta Fernando Severo participa de um bate-papo sobre os filmes. O evento é recomendado para maiores de 18 anos.

PARA CRIANÇAS – Às 9h, os ilustradores Fabiano Vianna e Simon Taylor levam o universo do artista Poty Lazzarotto ao público infantil por meio do curso de desenho Curitiba Poty. A oficina, com duração de duas horas, acontece novamente na quinta (24) e na sexta-feira (25), no mesmo horário. No sábado, os participantes expõem seus trabalhos na Seção Infantil, a partir das 9h.

Ainda nesta quarta, o projeto Cine Pipoca da BPP exibe Meu Amigo Vampiro (2017), animação baseada na série de livros da escritora alemã Angela Sommer-Bodenburg. A sessão começa às 14h30, com distribuição de pipoca para as crianças.

SOBRE A FLIBI – Realizada durante a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, a Flibi busca sintetizar, em cinco dias, a programação cultural ampla e diversificada que a Biblioteca Pública do Paraná oferece permanentemente. Neste ano, as ações também acontecem fora da BPP, em espaços culturais de Curitiba mantidos pelo Governo do Estado e outros cinco municípios do Paraná (Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel e Foz do Iguaçu).

Deixe uma resposta