Paraná Extra

Foz do Iguaçu terá vôos retomados a partir de outubro

O Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, deve recuperar voos para seis destinos a partir de outubro, segundo a Secretaria Municipal de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos.
O município deve contar com vôos diretos para Curitiba, Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Santiago, no Chile, além de São Paulo (Congonhas), com escala em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná.

Aos poucos e com medidas de prevenção, vários atrativos turísticos e a rede hoteleira têm retomado as atividades. Veja abaixo os atrativos que estão funcionando na cidade.
O Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, até o momento, conta com voos diretos para Campinas e Guarulhos (SP).
De acordo com a Secretaria Municipal de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, existe uma boa procura pelo destino para o feriado de Nossa Senhora Aparecida, no dia 12 de outubro. A expectativa é fechar o mês de outubro com média entre 25% e 30% de ocupação nos meios de hospedagem.

Veja quais são os vôos previstos:

Curitiba
Companhia: Azul
Frequência: De segunda-feira a sexta-feira
Quando? A partir de 5 de outubro
Saída de Curitiba: 11h25
Saída de Foz do Iguaçu: 15h

Porto Alegre
Companhia: Azul
Frequência: Às segundas, quartas e sextas-feiras.
Quando? A partir de 5 de outubro
Saída de Porto Alegre: 11h30
Saída de Foz do Iguaçu: 13h55

Rio de Janeiro
Companhia: Gol
Frequência: De segunda-feira a sábado
Quando? A partir de 9 de outubro
Saída do Rio de Janeiro (Galeão): 19h40.
Saída de Foz do Iguaçu: 7h15.

Santiago do Chile
Companhia: JetSmart
Frequência: Aos domingos e quintas-feiras
Quando? A partir de 25 de outubro
Saída de Santiago: 17h30
Saída de Foz do Iguaçu: 21h20.

São Paulo
Companhia: VoePass
Frequência: aos domingos, segundas, quartas e sextas-feiras
Quando? A partir de outubro
Saída de São Paulo (Congonhas): 12h
Saída de Foz do Iguaçu: 15h45.

De acordo com a Infraero, mesmo com a pandemia, as obras de ampliação da pista de pousos e decolagens do aeroporto estão em andamento. Até o momento, mais de 50% dos trabalhos foram realizados.
A expectativa é que o aumento da pista em 600 metros atraia voos da América Central e dos Estados Unidos para o terminal, segundo a Infraero.
O investimento de R$ 53,9 milhões conta com recursos do convênio entre a empresa e a Itaipu Binacional. A finalização da melhoria está prevista para abril de 2021, conforme a usina.

(Com G1 PR)

Deixe uma resposta