Paraná Extra

Foz jA? registra queda de 40% no movimento turA�stico

O turismo, carro chefe da economia de Foz do IguaA�u, jA? registra uma queda de 40% em funA�A?o do movimento dos caminhoneiros.

Segundo a direA�A?o do Parque Nacional do IguaA�u, onde ficam as Cataratas do IguaA�u, no A?ltimo domingo, dia de pico, o atrativo recebeu 3.750 visitas. Em um domingo normal, o atrativo chega a receber quase 7 mil turistas.

Com esta queda e o racionamento de combustA�vel, a direA�A?o jA? reduziu a frota de A?nibus que leva os turistas atA� as cachoeiras. Foi de 18 para sete veA�culos. A economia A� de 30% no perA�odo. No entanto, a direA�A?o do parque garantiu que o turista nA?o encontrarA? dificuldades e vai continuar recebendo todo o atendimento normalmente.

O movimento na Ponte da Amizade, fronteira entre Brasil e Paraguai, tambA�m diminuiu bastante. Em dias normais, cerca de 80 mil veA�culos cruzam a fronteira.

Depois que a mobilizaA�A?o dos caminhoneiros comeA�ou, o movimento ficou assim. A mA�dia de travessia da ponte caiu de duas horas para 20 minutos. A maior geradora de energia renovA?vel do mundo tambA�m foi afetada. A queda de visitaA�A?o A� de 40%.

A Itaipu tambA�m decidiu economizar no combustA�vel. Por dia sA?o mais de 25 saA�das atendendo os turistas dentro da usina, mas hoje a mA�dia A� de 13 saA�das diA?rias. A rede hoteleira acostumada a bater recordes teve uma queda de 20% nas reservas. Hoje, 70% dos 28 mil leitos em Foz do IguaA�u estA?o disponA�veis.

Deixe uma resposta