Paraná Extra

“Gabriela” vira sátira na Internet com conotação gay

O remake de “Gabriela” é sucesso de crítica. Em meio a tudo isso, uma sátira na internet surgiu e está fazendo sucesso. Intitulada “Gaybriela – Trava e Boneca”, a personagem principal mesmo estando nos anos 1920 ouve Lady Gaga enquanto dá conselhos para a amiga conseguir um “boy magia”.

 

O criador, DJ e produtor musical George M. recheou a sátira com gírias e referências gays sobre os assuntos da novela. Situações absurdas e engraçadas também fazem parte. Em uma delas, as beatas da cidade querem expulsar Ivete Sangalo da trama, pois além de não ser atriz, quer abrir o show de Madonna no Brasil.

 

O trabalho é feito minuciosamente, e é fiel desde a trilha sonora à dublagem das vozes. Tudo é feito no improviso. George utiliza da mesma fórmula que aplicou em outras sátiras, como “A Merda” (novela “América”), e piadas com famosos e celebridades.

 

 

Veja um dos episódios:

 

http://youtu.be/ek34N1iCl6s

 

(Do site http://www.rd1audiencia.com/televisao)

Deixe uma resposta