Paraná Extra

Golpe bancA?rio: cuidado para nA?o cair nele

ai???Seu banco informa: acesse e atualize seus dados agora mesmo no http://bit.ly/2xm4R7A para nA?o ter sua conta bloqueadaai???. VocA? possivelmente jA? recebeu mensagens como essa em seu celular ou e-mail. Mas o que parece ser um aviso da instituiAi??A?o financeira, na verdade, pode ser um golpe.

As fraudes bancA?rias geralmente sA?o aplicadas por meio de mensagens de texto, e-mails e telefonemas. A fim de solucionar o problema o mais rA?pido possAi??vel, muitas pessoas passam os dados de seu cartA?o, senhas e cA?digos de acesso Ai??s suas contas bancA?rias. SA? quando verificam o extrato, percebem que caAi??ram em um golpe.

Para nA?o ser a prA?xima vAi??tima dessas fraudes, veja abaixo alguns cuidados e saiba quais sA?o os seus direitos.

AtualizaAi??A?o de informaAi??Ai??es? Desconfie

Os bancos e operadoras de cartA?o de crAi??dito nA?o costumam ligar, nem enviar mensagens pedindo que os clientes atualizem informaAi??Ai??es, e muito menos que forneAi??a senhas ou cA?digos de acesso ou de validaAi??A?o para transaAi??Ai??es digitais (como chave de seguranAi??a e token). Se entrarem em contato com vocA? por meio desses canais, desconfie!

TambAi??m nA?o Ai?? aconselhA?vel clicar em nenhum tipo de link enviado por SMS ou por e-mail como se fossem do banco. HA? casos de usuA?rios que sA?o redirecionados a uma pA?gina falsa, muito parecida com a do site oficial do banco, contribuindo para confundir o consumidor.

Caso esteja em dA?vida sobre a autenticidade da mensagem, ligue para o seu banco e confirme se o pedido de atualizaAi??A?o procede e se Ai?? seguro.

Cuidado com o golpe do cartA?o clonado

Uma prA?tica comum entre os golpistas Ai?? ligar informando que o cartA?o do usuA?rio foi clonado e que foram realizadas compras com ele. Com um discurso parecido com o utilizado pelos representantes do banco, acabam enganando os consumidores e induzindo-os a fornecer dados para supostamente bloquear o cartA?o.

Caso receba uma chamada desse tipo, desligue e ligue para o nA?mero que estA? no verso do seu cartA?o, mas utilizando outro aparelho de telefone. Esse cuidado Ai?? importante porque hA? casos em que os fraudadores ai???prendemai??? a linha do usuA?rio, que pensam que estA?o falando com o banco, quando na verdade continuam em contato com os bandidos.

Como proteger melhor o celular?

Para aumentar sua seguranAi??a, Ai?? possAi??vel utilizar sistemas antiphishing no celular,que protegem o usuA?rio contra essa prA?tica dentro de todos os aplicativos, incluindo WhatsApp e Facebook Messenger.

Outra dica prA?tica Ai?? utilizar navegadores seguros, que bloqueiam propagandas e sites com objetivo malicioso, como o Firefox Focus.

O banco Ai?? responsA?vel

Em situaAi??Ai??es de fraude bancA?ria, o Idec considera que os bancos tA?m responsabilidade objetiva, ou seja, sA?o responsA?veis independentemente de culpa, segundo o artigo 14 do CDC (CA?digo de Defesa do Consumidor). Posicionamento tambAi??m adotado no JudiciA?rio.

As instituiAi??Ai??es financeiras devem criar meios que garantam o acesso seguro do consumidor aos serviAi??os bancA?rios, o que inclui evitar golpes e fraudes.

AlAi??m de mecanismos como senhas cA?digos de acesso e de validaAi??A?o para tornar as transaAi??Ai??es mais seguras, os bancos tambAi??m devem monitorar a atuaAi??A?o de criminosos com sua base de clientes e agir o mais rA?pido possAi??vel para contornA?-las, tomando providA?ncias para retirar do ar pA?ginas falsas, por exemplo, e alertando os consumidores sobre o golpe.

Assim, caso a atuaAi??A?o das instituiAi??Ai??es financeiras nA?o seja suficiente para garantir a seguranAi??a e impedir que o cliente seja vAi??tima de um golpe, ele deve arcar com os prejuAi??zos sofridos pelo consumidor.

Onde reclamar

Caso seja vAi??tima de uma tentativa ou de um golpe propriamente dito, entre em contato com o banco por meio do SAC (ServiAi??o de Atendimento ao Consumidor) para solicitar o pedido de contestaAi??A?o do dAi??bito. AlAi??m disso, faAi??a um boletim de ocorrA?ncia para comprovar a Ai??fraude. Lembre-se de anotar todos os protocolos e guardar os documentos que podem ser usados como provas.

Se a instituiAi??A?o se negar a devolver os valores roubados de sua conta ou de compras feitas com cartA?o de crAi??dito, vocA? pode registrar uma reclamaAi??A?o no Procon de seu municAi??pio e/ ou no site www.consumidor.gov.br, do MinistAi??rio da JustiAi??a.

Caso nenhuma das medidas seja satisfatA?ria, Ai?? possAi??vel mover uma aAi??A?o judicial contra o banco no JEC (Juizado Especial CAi??vel).

(Proteste)

Deixe uma resposta